Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ibovespa Dólar

Ibovespa abre em queda e dólar volta a bater R$ 4,50

03 março 2020 - 10h13Por Redação SpaceMoney

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, abriu em leve queda nesta terça-feira (03), após fechar o último pregão com ganhos. Por volta das 10h10, as perdas eram de 0,31%, aos 106.298,24 pontos. O dólar comercial abriu em alta, com valorização de 0,31% ante o Real e cotado a R$ 4,501. Enquanto isso, o índice brasileiro despencou 7% na volta do carnaval, no chamado “Corona Day”, em que as bolsas mundiais sofreram com os receios em torno da epidemia de COVID-19. No último pregão, antes do fim de semana, houve recuperação, com ganhos de 1,15% no encerramento. Veja os principais fatores que influenciam o mercado financeiro na sessão de hoje:

Mercados internacionais

No Japão, o Nikkei fechou em baixa e a Bolsa de Xangai encerrou o pregão em alta. Na Europa, DAX 30 e CAC 40 subiam, ambas com ganhos de mais de 2%. O FTSE 100 também tinha alta de mais de 2%. Em Nova York, os futuros operavam em campo positivo.

G7 e Bancos Centrais

Está marcada para hoje uma reunião de emergência com os ministros do G7, grupo dos 7 países com as maiores economias. O tema: coronavírus. A ideia é debater ações coordenadas, envolvendo os Bancos Centrais, para conter os impactos econômicos do surto. Depois da sinalização de corte de juros nos Estados Unidos e Japão, o Banco Central Europeu também se prontificou a tomar as medidas cabíveis no contexto da epidemia. Enquanto isso, a Austrália já abaixou suas taxas em 0,5%.

Super Terça

Hoje 1/3 dos delegados do Partido Democrata norte-americano definem quem vai disputar as eleições de 2020 com o atual presidente republicano Donald Trump. Desistiram do pleito Pete Buttigieg e Amy Klobuchar e o preferido é Bernie Sanders.

Em Brasília

Hoje, o Congresso retoma as atividades pós-carnaval, com o início das discussões sobre a reforma tributária em uma comissão mista. Além disso, começa a tramitar uma Proposta de Emenda Constitucional que pode ser o pontapé inicial para a reforma administrativa. Além disso, senadores e deputados votarão para manter ou derrubar vetos presidenciais -- entre eles, o 52, que versa sobre a liberação de emendas e pode custar R$ 46 bilhões ao governo.

Balanços

Antes do pregão de hoje, a BRF divulgou seus números para o quarto trimestre de 2019: do prejuízo anterior, alcançou lucro de R$ 690 milhões. Depois do fechamento da sessão, é a vez da Positivo publicar seu balanço.  
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: