sábado, 04 de dezembro de 2021
investimentos

O que mudaria se os Assessores de Investimentos fossem obrigados a ter compliance

11 novembro 2019 - 16h11Por Alfredo Sequeira Filho
O que mudaria se os Assessores de Investimentos fossem obrigados a ter compliance O que, na prática, mudaria se, para poder ter sócio investidor e trabalhar com mais de uma corretora, um escritório de Assessores de Investimentos (AI) fosse obrigado a ter compliance, risco e prevenção à lavagem de dinheiro (PLD), tendo de nomear 1 diretor responsável para cada um dos cargos. Respondo com 5 argumentos contrários:  
  • Nós, Assessores de Investimentos, não devemos assumir uma responsabilidade que não é nossa. Isso é uma função das instituições financeiras, que têm oscadastros dos clientes, mandam o dinheiro e fazem as operações. AIs são prepostos e essas atividades são respondabilidade de quem é o “dono” do cliente;
 
  • Nosso risco e nossos custos aumentariam imensamente (no mínimo R$ 50mil por mês), por causa da contratação de: três diretores, que respondem civil e criminalmente pelos atos de TODOS os sócios, associados, funcionários e estagiários; sistema para análise de perfil de clientes, bloqueio de clientes com perfil desatualizado e sem perfil, e bloqueio pré- operacional de clientes sem perfil adequado para o produto; sistema de PLD, checando e avalizado a reputação de seus clientes; e sistema de risco operacional, o que obviamente jogaria “no nosso colo” o prejuízo dos clientes que quebrarem operando conosco;
 
  • O mercado de AIs, já concentrado em mais de 85% em apenas uma corretora, se concentraria agora nos grandes escritórios de AIs, já que, atualmente, conforme mostra gráfico abaixo (da recente consulta pública da CVM),92% dos escritórios de AIs têm no máximo 10 AAIs e 1% dos escritórios de AAIs tem mais de 50 AIs;
 
  • Por essa proposta de segmentação dos AIs, quem não tiver dinheiro e nem estrutura para ter três diretores (risco, compliance e PLD), não poderá ter sócio investidor e será obrigado a trabalhar com apenas uma corretora, inclusive para fundos e RF;
 
  • Isso seria uma enorme barreira ao crescimento dos pequenos e médios AIs, que ficariam em uma situação PIOR do que a atual, e configuraria uma proteção de mercado para os grandes escritórios de AIs.
 
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content