segunda, 06 de dezembro de 2021
Lucro

Com forte geração de caixa, Even deve ter impacto positivo na bolsa

15 agosto 2019 - 10h56Por Eduardo Guimaraes
Por Eduardo Guimarães* A Even divulgou ontem (14), logo após o fechamento da Bolsa, o resultado do segundo trimestre. Os números apresentados pela construtora foram fortes e acima do esperado em termos de receita líquida e lucro líquido. O principal destaque positivo foi a geração de caixa de R$ 112 milhões no trimestre. No lado operacional, destaque para a venda de estoque prontos que totalizou R$ 345 milhões no primeiro semestre de 2019, queda de 12% em relação a dezembro de 2018. No lado negativo, destaque para a queda na margem bruta, devido às margens mais altas dos cancelamentos de vendas (distratos). Esperamos impacto positivo no preço das ações da Even (EVEN3) no curto prazo. Muito disso em função da forte geração de caixa, da queda no nível do endividamento e dos números acima do esperado em receita e lucro líquido. A receita líquida atingiu R$ 591,6 milhões no trimestre, acima do esperado (R$ 440 milhões), beneficiado pelo bom desempenho das vendas do projeto Itaim Fasano no trimestre e pelo volume mais alto de entregas no trimestre (R$ 314 milhões). A margem bruta foi de 28,4% no trimestre, queda de 660 pontos base. A queda é explicada pela margem bruta mais alta dos cancelamentos de vendas no período (distratos de R$ 74 milhões). A empresa reduziu o nível de estoque pronto, que representa 37% do valor geral de vendas, mas mesmo assim a empresa incorreu em despesas de manutenção de estoque de R$ 7,3 milhões no trimestre. Na última linha, o lucro líquido atingiu R$ 22 milhões no trimestre, com retorno anualizado sobre o patrimônio líquido (ROE) de 5,3% no primeiro semestre de 2019. A geração de caixa foi forte e totalizou R$ 112 milhões, impulsionado pelo bom volume de repasses de R$ 548,8 milhões no trimestre. A Even reduziu a sua dívida líquida para R$ 645,2 milhões, com relação dívida líquida sobre patrimônio líquido de 34% em junho de 2019. *Eduardo Guimarães é especialista em ações na Levante, empresa de recomendações, análises e carteiras de investimentos. Esta coluna é de inteira responsabilidade da Levante e não reflete, necessariamente, a opinião da SpaceMoney. 
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content