domingo, 28 de novembro de 2021
Mudança

Governo estaria com planos de vender ações da Petrobras (PETR3) (PETR4); papel dispara

Na prática, o objetivo do governo seria alcançar uma estrutura societária semelhante à da Embraer

25 outubro 2021 - 16h54Por Investing.com
Campanha Black Friday 2021 - Warren

Por Ana Julia Mezzadri e Leandro Manzoni, da Investing.com - As ações da Petrobras, que subiam desde a manhã desta segunda-feira (25) com a alta do preço do petróleo no exterior e elevação dos preços da gasolina e do diesel, ganharam novo impulso com a possibilidade de o governo de vender ações ordinárias e preferenciais da companhia, deixando assim de controlar a estatal, segundo a CNN Brasil. Na prática, o objetivo do governo seria alcançar uma estrutura societária semelhante à da Embraer (SA:EMBR3).

Às 16h10, as ações PN (SA:PETR4) da companhia tinham salto de 6,62%, a R$ 28,98, ajudando o Ibovespa, que apresentava avanço de 2,65%, aos 109.110 pontos.

De acordo com informações da CNN Brasil, haveria uma avaliação consensual no governo e na cúpula do Congresso sobre a venda das ações. O objetivo central seria a criação de um modelo em que nenhum acionista tenha mais de 10% dos papéis da petroleira.

O objetivo do Ministério da Economia com o movimento seria transformar a Petrobras em uma corporate, mudando a composição das ações com a entrada no Novo Mercado. Dessa forma, a divisão entre ações preferenciais e ordinárias chegaria ao fim. 

O início do movimento se daria pela venda de papéis que estão sob controle do BNDES e do BNDESPar. Vale ressaltar, no entanto, que o governo busca realizar as vendas ao mesmo tempo em que manteria a golden share, que confereria poderes especiais, como o de indicar nome para a presidência da empresa.

Nos bastidores, o ministro da Economia Paulo Guedes teria dito que essas mudanças seriam capazes de elevar o valor da companhia. A reestruturação, no entanto, seria um processo difícil e pode enfrentar resistência no Congresso.

O Governo espera, segundo a CNN, que as mudanças não enfrentem barreiras na Câmara dos Deputados, mas o Senado pode apresentar desafios. Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente da casa e com intenções de se candidatar ao Planalto ano que vem, disse recentemente que "não é hora de falar sobre o assunto". Por ser um projeto de lei, a medida precisa de maioria simples para ser aprovada.

O movimento vem depois de o presidente Bolsonaro começar, na semana passada, a manifestar sua intenção de privatizar a petroleira. Na manhã desta segunda, Bolsonaro confirmou, em entrevista para uma rádio de Mato Grosso do Sul, que a privatização da Petrobras "entrou no radar" do governo. Na prática, o plano do governo seria a privatização a petroleira com esse possível projeto de lei.

Estrutura societária

Atualmente, as ações da Petrobras são divididas entre ordinárias (PETR3 (SA:PETR3)), que dão direito a voto, e preferenciais (PETR4). A União detém 50,258% das ações ordinárias, enquanto o BNDESPar é titular de 0,238% dos papéis e outros acionistas detém 49,5% das ações.

As ações preferenciais, por sua vez, estão 16,069% nas mãos do BNDESPar, enquanto 5,1% pertencem à Capital Research Global Investors, 5% à BlackRock (NYSE:BLK), 2,414% ao BNDES e 71,41% a outros acionistas.

Considerando as duas classes de papéis, a União detém 28,675% das ações da Petrobras, enquanto 7,037% pertencem ao BNDESPar, 2,188% à Capital Research Global Investors, 2,151% à BlackRock, 1,037% ao BNDES e 58,91% a outros acionistas.

*Com Estadão Conteúdo

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content