sábado, 22 de janeiro de 2022
[Square Banner - Mobile Topo 2] [300x250] [mobile] - Assessoria Ipê Investimentos 2022
[SpaceNow Desktop] [200x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
[SpaceNow Mobile] [150x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
Combustíveis mais caros

Governadores decidem acabar com congelamento de ICMS a partir de fevereiro, diz blog

A regra atual, que prevê o ICMS fixado com base na variação dos preços da gasolina e do diesel dos últimos quinze dias, foi suspensa entre novembro e o fim deste mês

14 janeiro 2022 - 15h02Por Redação SpaceMoney
[Billboard Topo 2] [970x250] [pagina-inicial] - Assessoria Ipê Investimentos 2022

Os governadores decidiram acabar com o congelamento do ICMS sobre combustíveis a partir de fevereiro. As informações são do blog do jornalista Valdo Cruz, no g1.

A regra atual, que prevê o ICMS fixado com base na variação dos preços da gasolina e do diesel dos últimos quinze dias, foi suspensa entre novembro e o fim deste mês.

Segundo o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), disse ao blog a maioria dos Estados votou para manter o congelamento do ICMS sobre combustíveis até o dia 31 de janeiro porque o governo Bolsonaro não demonstrou abertura para o diálogo na busca de resolver o problema da disparada do preços dos combustíveis.

[04] [Square Detalhe Notícia] [300x250] [geral] Melhores investimentos 2022

O político alegou ao blog que a regra atual só beneficia a Petrobras e seus acionistas e disse ainda que o governo precisa solucionar o problema para evitar que a população e as empresas sejam penalizadas pela disparada dos combustíveis.

A política atual de reajuste da estatal se baseia na variação do preço do petróleo e do dólar. A Petrobras afirma que a regra garante a rentabilidade da empresa e evita desabastecimento no setor de combustíveis no Brasil.

Com informações do blog do Valdo Cruz, no g1.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content