domingo, 28 de novembro de 2021
ações

Gol e Smiles lideram perdas do Ibovespa

21 junho 2019 - 12h08Por Investing.com
Na manhã desta sexta-feira na bolsa paulista, as ações da Gol (SA:GOLL4) e da Smiles (SA:SMLS3) lideram as perdas do Ibovespa, caindo, respectivamente, 2,53% a R$ 31,99 e 2,29% a R$ 43,18. O mercado repercute a notícia de que a administradora de programas de fidelidade foi notificada pela aérea da intenção de reajustar preços das passagens padrão e milhas entre as duas companhias. Segundo fato relevante, a Gol teria atribuído a decisão a variações na taxa de ocupação média dos voos. "A Smiles analisará os fundamentos do pedido apresentado pela Gol e iniciará o processo de atualização e cálculo dos valores dos preços das passagens padrão e milhas", afirmou a Smiles, explicando que, uma vez concluída a atualização, eventuais reajustes serão submetidos à aprovação de comitê independente e de seu conselho de administração.

Seu dinheiro pode render muito mais com a Órama! Invista já, de forma segura e grátis!

Reestruturação Na quarta-feira, a Gol informou que encerrou as negociações com a Smiles para uma reestruturação societária proposta pela companhia área, que incluía a incorporação da empresa de redes de fidelidade de clientes. "Após cinco meses de estudos e negociações envolvendo a Gol e o Comitê Independente da Smiles Fidelidade, não foi atingido um acordo quanto aos termos para implementação da reestruturação societária proposta", disse a empresa aérea nesta quarta-feira. A Gol ressaltou que o término das tratativas com o comitê não altera a decisão da aérea de não renovar o contrato operacional e o contrato de prestação de serviços de back office com a Smiles além da atual data de validade. Em comunicado separado, a Smiles disse que "está trabalhando na revisão de seu planejamento estratégico de forma a refletir a decisão da Gol de não renovar o contrato operacional e o atual cenário competitivo da indústria em que a Smiles atua." A gestora de programas de fidelidade disse que o resultado desse trabalho será oportunamente submetido para deliberação do seu conselho de administração e, caso qualquer alteração venha a ser aprovada, o novo plano será comunicado ao mercado. O plano anunciado em outubro passado vinha encontrando resistências, o que inclusive levou a Gol a anunciar no fim de 2018 que estava revisando o plano, após uma comissão da B3 vetar a migração da empresa aérea para o Novo Mercado.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content