segunda, 29 de novembro de 2021
XP Investimentos

Gestores de fundos esperam ano com maiores ganhos do Ibovespa, diz XP

06 janeiro 2020 - 14h56Por Redação SpaceMoney
O ano de 2020 começou com perspectivas positivas para a economia, segundo apontam os indicadores desde o final do ano passado. Caso você não saiba o que é esperado para o ano e não tem tempo de ler, ouça nosso SpaceCast: O que esperar para 2020 . Com isso, a equipe de Análise de Fundos da XP Investimentos fez um levantamento com os principais gestores de renda variável que revelou que a bolsa deve seguir a tendência de alta, que já acumulou 160% de ganhos desde 2016.

Ganhos acima dos 10%

Quando perguntados qual será o retorno do Ibovespa para 2020, 56% dos gestores espera uma alta da bolsa entre 10% e 20% e 19% esperam que seja acima dos 20% de ganhos. Os que estimam um crescimento mais moderado, até 10% de valorização, são 22% dos entrevistados, e somente 3% acreditam que o índice terá queda de até 10%. Pode-se dizer que, de forma praticamente unânime, que 2020 será um ano positivo para o Ibovespa.

Exposição

Já quando perguntados sobre a exposição líquida, ou seja, o risco de investir em uma ação, comparado à média histórica, seus gestores afirmam que 78% dos fundos estão com uma exposição à ações maior do que a média histórica do próprio fundo.

Setores com maior e menor retorno

Para os gestores, os setores com maior retorno, que devem superar o Ibovespa, em 2020 serão de: Varejo (78%), Imobiliário (44%), Petróleo, Gás, Combustível e Petroquímica (42%), Saúde (33%) e Tecnologia e Telecomunicações (28%). Esses segmentos estão ligados à dinâmica interna da economia, o que explica uma maior atenção para eles. Já os setores com menor retorno em 2020 são os de: Financeiros e seguros (42%), Alimentos e Bebidas (39%), Petróleo, Gás, Combustível e Petroquímica (31%), Educação (25%) e Papel e Celulose (22%).  Para os analistas da XP, os fatores externos podem interferir de maneira mais significativa a bolsa em 2020 (61%) do que os internos (22%). O agravamento das tensões entre EUA e os demais países, como China e, recentemente, Irã, e o risco da desaceleração global são alguns deles. Em 2019, os fundos de ações foram os investimentos que mais captaram recursos no Brasil, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). Com um cenário de juros baixos, a equipe de Análise de Fundos da XP Investimentos acredita que 2020 será um ano de procura por investimentos alternativos com maior potencial de retorno.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content