Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
banco inter

"Forte potencial no marketplace": BTG eleva preço-alvo de Banco Inter para R$ 57

14 julho 2020 - 14h28Por Investing.com
Por Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - Após videoconferência com a diretora de RI, Helena Caldeira, e o CEO da divisão de marketplace, Rodrigo Gouveia, o banco BTG Pactual realizou nova análise das ações do inter/">Banco Inter (SA:BIDI11), reiterando a recomendação de Compra e elevando o preço-alvo de R$ 36 para R$ 57 por ver forte potencial no marketplace e na aceleração das tendências digitais. As informações são de relatório distribuído na terça-feira (14).

Às 14h23, as units do Banco Inter caíam 0,53% a R$ 48,74, enquanto o Ibovespa registrava alta de 1,01%.

Na análise de Gouveia, o Inter está caminhando em direção a se tornar cada vez mais uma plataforma SuperApp, mais do que apenas um banco. Os pilares sobre os quais o marketplace atua, ainda segundo Gouveia, são recorrência, dados, crédito e pagamentos. O grande objetivo para a divisão é de gerar cada vez mais valor para as duas pontas (parceiros e clientes).

No segundo trimestre, o marketplace do Inter alcançou volume total de pagamentos de R$ 123 milhões, 10% a mais do que no mesmo período do ano anterior. Apenas no Marketplace Day, esse número foi de R$ 30 milhões. Além disso, novos clientes do banco agora realizam sua primeira compra no marketplace em 2 meses, contra entre 5 e 6 meses há alguns meses.

Em relação ao número de clientes, vale retomar que, no segundo trimestre, o Inter ganhou 1 milhão de novos clientes e atingiu a marca de 6 milhões de clientes no início de julho - o que significa uma forte possibilidade de alcançar sua meta de 8 milhões de clientes até o fim do ano.

Em suma, Eduardo Rosman e Thomas Peredo, analistas que assinam o relatório, reiteram que é muito difícil avaliar as ações, visto que o retorno sobre o patrimônio deve seguir encontrando dificuldade nos próximos trimestres e não é possível prever com precisão a performance dessas novas iniciativas, além de manter alerta para a unidade de cartões. No entanto, as units do banco permanecem uma das melhores alternativas entre as ações de bancos, o que faz com que o BTG (SA:BPAC11) reitere a recomendação de compra e eleve o preço-alvo.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: