Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Lojas Americanas

Follow-on da Americanas atrai interesse em peso de atuais acionistas, diz jornal

14 julho 2020 - 11h30Por Investing.com
Por Gabriel Codas Investing.com - A Lojas Americanas (SA:LAME4) é uma das companhias com melhor desempenho na bolsa brasileira no ano, com o resultado sendo impulsionado com o crescimento do e-commerce durante a pandemia. Esse movimento faz com que seus atuais acionistas estejam em peso na demanda para a oferta de ações da companhia, que pode movimentar cerca de R$ 7 bilhões. De acordo com a edição desta terça-feira da Coluna do Broadcast, do jornal O Estado de S.Paulo, o follow-on, que será precificado hoje, terá mais da metade dos ativos vendidos para quem já detém ações da companhia, fazendo com que o restante seja disputado pelo mercado. Sendo assim, considerando que somente 50% dos papéis irão a mercado, a demanda pelo restante está agora em cerca de quatro vezes, revela o jornal. De acordo com a publicação, alguns investidores avaliam a possibilidade de trocar de posição na controlada B2W (SA:BTOW3) por Americanas. O ponto principal é que os bilhões que irão para o caixa, além de capitalizar a B2W, também será destinado para investimentos na AME Digital e otimização da estrutura de capital. Na semana passada, a companhia informou que o conselho de administração aprovou oferta restrita de até 243 milhões de ações, incluindo preferenciais e ordinárias. Em relação à capitalização da B2W Digital (SA:BTOW3), a Lojas Americanas disse que ela e B2W estudam a possibilidade de um aumento de capital por subscrição privada na B2W Digital de, aproximadamente, 3 bilhões de reais, pretendendo a Lojas Americanas investir até esse valor, sem prejuízo do exercício do direito de preferência pelos demais acionistas da B2W Digital. “Não obstante, esse estudo é preliminar e, até a presente data, não há definição sobre as condições gerais, inclusive preço por ação e data, para realização desse eventual aumento de capital, que terá por objetivo, prioritariamente, acelerar o crescimento, incluindo eventuais aquisições estratégicas, e otimizar a estrutura de capital da B2W Digital”, afirmou. A oferta anunciada nesta segunda-feira prevê uma distribuição primária inicial de 80 milhões de ações ordinárias e 100 milhões de ações preferenciais, que poderá ser acrescida em até 35% (até 28 milhões de ONs e até 35 milhões de PNs) para atender a eventual excesso de demanda.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: