domingo, 28 de novembro de 2021
banco

Mercado eleva projeção do PIB para 2019 pela primeira vez em 20 semanas

22 julho 2019 - 09h09Por Investing.com
O Banco Central (BC) divulgou nesta segunda-feira mais uma edição do relatório Focus com a projeções de analistas de mercado sobre as principais variáveis macroeconômicas. Em relação ao crescimento da economia brasileira, a pesquisa Focus interrompeu a sequência de reduções e elevou, mesmo que modestamente, a estimativa de crescimento de 0,81% para 0,82% em 2019. Para 2020, manteve-se a aposta em 2,10%. O mercado voltou a cortar as expectativas do IPCA para o fechamento do ano, reduzindo agora a aposta 3,82% para 3,78%. A projeção fica abaixo do centro da meta de inflação de 4,25% e dentro do intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual. Há quatro semanas, a aposta era de 3,83%. Para 2020, a estimativa dos analistas é que o índice oficial de inflação encerre o período em 3,80%, repetindo a estimativa anterior, ficando ligeiramente abaixo do centro da meta de 4% estabelecido para o ano que vem. Para a taxa de câmbio, a moeda deve fechar o ano a R$ 3,75, o que representa a primeira redução em relação à projeção de R$ 3,80. Para o encerramento de 2020, a aposta foi mantida sem alterações em R$ 3,80 pela décima primeira semana consecutiva. Os analistas ouvidos pelo Boletim mantiveram a expectativa para a taxa básica de juros, que deve encerrar o ano a 5,50% ao ano. A projeção, iniciada na leitura anterior do boletim, mantém o reforço da tendência de que a autoridade monetária deverá mexer nos juros neste ano. A mudança apareceu pela primeira vez há cinco semanas, quando os analistas reduziram a projeção da Selic de 6,5% para 5,75%. A expectativa de manutenção da Selic em 6,5% permaneceu por 18 semanas consecutivas no relatório. Os analistas também reduziram, nesta semana, a previsão da Selic para 2020, de 6,00% para 5,75%.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content