Menu
Busca domingo, 25 de julho de 2021
Warren SpaceNow
Warren SpaceNow Mobile
ações

Fitch Eleva Ratings da JBS Para 'BB'/'AA+(bra)'

19 junho 2019 - 10h19Por Redação SpaceMoney
Warren 970x250 4

A Fitch Ratings elevou os IDRs (Issuer Default Ratings - Ratings de Inadimplência do Emissor) de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e Local da JBS S.A. (JBS) e das notas seniores sem garantias reais emitidas pela JBS Investments GmbH e pela JBS Investments II GmbH para 'BB', de 'BB-' (BB menos). O Rating Nacional de Longo Prazo foi elevado para 'AA+(bra)' (AA mais (bra)), de 'A(bra)'. A Perspectiva é Estável.

A elevação reflete a expectativa de redução da alavancagem e de forte geração de fluxo de caixa livre (FCF) positivo pela companhia, além de melhora da flexibilidade financeira devido ao refinanciamento das dívidas vigentes.

PRINCIPAIS FUNDAMENTOS DOS RATINGS

Sólido Perfil de Negócios: O perfil de negócios da JBS é forte, devido a seu porte, diversificação geográfica e de proteínas (atua em porco, frango e carne bovina). Da carteira de produtoras de proteína da Fitch, a companhia é a mais diversificada geograficamente — tem forte presença na América do Norte, na América do Sul, na Austrália e no Canadá. A diversificação geográfica permite ao grupo atenuar a volatilidade inerente ao setor. As exportações representaram 25% das vendas globais da JBS. A Ásia (principalmente China, Japão e Coreia do Sul) representou quase metade das receitas de exportação. Oriente Médio e África, juntos, responderam por aproximadamente 12,4% das vendas de 2018.

Expectativa de Redução da Alavancagem: A Fitch acredita que a JBS continuará reduzindo sua alavancagem devido à forte geração de FCF positivo, decorrente do sólido desempenho das operações nos EUA (que incluem Canadá e Austrália), que representaram em torno de 80% dos BRL14,9 bilhões de EBITDA ajustado em 2018. O forte desempenho operacional nos EUA se deve à satisfatória oferta de gado e à grande demanda por carne bovina no mercado doméstico. A divisão norte-americana de frango foi pressionada, em 2018, pela elevada oferta e pelos baixos preços domésticos. A Fitch acredita que a divisão brasileira de carne bovina e a divisão Seara serão beneficiadas por maior demanda doméstica, ciclo positivo do gado no país e uma taxa de câmbio favorável, o que torna os produtores brasileiros de proteína competitivos internacionalmente. A agência acredita que o índice dívida líquida/EBITDA da JBS tenderá a 2,5 vezes até o final de 2019, de 3,2 vezes no primeiro trimestre de 2019 (ou 3,1 vezes em USD).

Perspectiva Favorável para Proteínas: As vantagens competitivas da JBS resultam de sua diversificação geográfica e de proteínas, da larga escala de suas operações, de seu acesso aos mercados de exportação a partir do Brasil e dos EUA e da relação de longo prazo mantida com fazendeiros, clientes e distribuidores. Os fundamentos globais do mercado de carne bovina devem permanecer positivos para os produtores brasileiros e norte-americanos no futuro próximo, devido ao aumento da demanda e de maior disponibilidade de gado. Segundo o Departamento Americano de Agricultura (USDA), a produção de carne bovina nos EUA deve aumentar cerca de 2% em 2019. Um surto de febre suína africana na China atingiu severamente a produção daquele país. A doença deve resultar em um direcionamento maior de proteínas, incluindo frango, para a China em 2019. Entre os riscos significativos da indústria estão a desaceleração da economia de algum mercado de exportação, aumentos de tarifas ou barreiras sanitárias, além de greves e outros eventos que possam afetar a disponibilidade de portos e transportes.

Investigação em Curso: Os ratings da JBS são limitados pela fraca governança corporativa, devido à sua estrutura acionária, e por incertezas relacionadas a diversas investigações ainda em curso envolvendo a empresa e seus acionistas. Estas investigações incluem procedimentos administrativos movidos pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a possibilidade de multas por parte do Departamento de Justiça dos EUA. Estas pendências legais criam incertezas sobre o momento e a magnitude das multas que a companhia pode enfrentar.

RESUMO DA ANÁLISE

A JBS possui um forte perfil de negócio, por ser a maior produtora mundial de carne bovina e couro e pela sua diversificada base de produtos, incluindo frango, carne bovina, de porco e alimentos processados. Isto lhe permite minimizar os riscos de operar com uma única proteína ou região, o que a deixa em posição mais favorável, em termos de risco de negócio, do que a Marfrig Global Foods ('BB-' (BB menos)/Perspectiva Estável) e a Minerva SA ('BB-' (BB menos)/Perspectiva Estável). A Minerva só opera com carne bovina.

Com índice dívida líquida/EBITDA de 3,2 vezes no final de 2018, a alavancagem líquida da JBS é inferior à da Minerva, mas está em linha com a da Marfrig, assumindo a opção de venda da National Beef. A alavancagem da JBS permanece mais alta que a da Tyson Foods Inc. ('BBB'/Perspectiva Estável) e da Smithfield Foods Inc. ('BBB'/Perspectiva Estável).

A estrutura de capital da JBS carrega mais dívidas com garantias do que a de seus pares. Os ratings da empresa refletem incertezas relacionadas a investigações sobre corrupção e a possibilidade de multas que podem prejudicar seu perfil de crédito e seu acesso aos mercados de capitais.

PRINCIPAIS PREMISSAS

As Principais Premissas da Fitch do Cenário de Ratings do Emissor Incluem:

- Crescimento das receitas em dígito único elevado;

- Margem de EBITDA estável;

- Dívida líquida/EBITDA tendendo a 2,5 vezes em 2019.

SENSIBILIDADES DOS RATINGS

Desenvolvimentos Que Podem, Individual ou Coletivamente, Levar a uma Ação de Rating Positiva

-- Poderá haver elevação se as investigações não resultarem em multas significativas;

-- Dívida líquida/EBITDA inferior a 2,5 vezes, em bases sustentáveis;

-- Refinanciamento ou repagamento da normalização da dívida garantida.

Desenvolvimentos Que Podem, Individual ou Coletivamente, Levar a uma Ação de Rating Negativa

-- Multas significativas que possam pressionar a liquidez e a redução da alavancagem no curto prazo podem levar a um rebaixamento;

-- Alavancagem líquida acima de 3,8 vezes, em bases sustentáveis, poderão levar a um rebaixamento.

LIQUIDEZ

Liquidez Forte: A liquidez da JBS é forte, devido ao baixo patamar de dívidas de curto prazo, bom acesso a bancos, à dívida no mercado de capitais e ao FCF positivo. Caixa e equivalentes somavam USD1,9 bilhão, e a dívida de curto prazo, USD0,8 bilhão em 2018. Além disso, a JBS USA contava com USD1,9 bilhão em linhas de crédito compromissadas, inteiramente disponíveis.

Em 10 de maio de 2019, a JBS concluiu o pagamento de BRL2,36 bilhões (USD600 milhões) relativos à amortização de parte da dívida coberta pelo acordo de normalização assinado com diversas instituições financeiras. No final de maio, antecipou o pagamento de mais USD400 milhões em dívidas do acordo e outras, totalizando USD1 bilhão, utilizando aproximadamente USD500 milhões da emissão das notas seniores com vencimento em 2026.

RELAÇÃO COMPLETA DAS AÇÕES DE RATING

A Fitch elevou os seguintes ratings:

-- IDRs de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e Local para 'BB', de 'BB-' (BB menos);

--Rating Nacional de Longo Prazo para 'AA+(bra) (AA mais (bra)), de 'A(bra)'.

JBS Investments GmbH

-- Rating das Notas com vencimento em 2023 e 2024 para 'BB', de 'BB-' (BB menos).

JBS Investments II GmbH

-- Rating das Notas com vencimento em 2026 para 'BB', de 'BB-' (BB menos).

Com informações da Fitch

Warren 970x250 - pgs internas
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app:
Warren Rodapé
Warren Rodapé Mobile