Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Fed

Fed reflete danos econômicos da Covid enquanto olha para o longo prazo

19 agosto 2020 - 15h15Por Investing.com

Investing.com - Os diretores do Federal Reserve deram mais clareza sobre como irão conduzir uma revisão anual dos objetivos de longo prazo e da estratégia de política monetária.

Um dos consensos é o refinamento do comunicado após decisões da taxa de juros, que poderia ser útil e transparente em meio à mudanças de fundamentos vividos pela economia dos EUA  e global na última década - como taxa de juros baixa e pressões desinflacionárias.

Os mercados de ações dos EUA já estavam nervosos, aguardando a ata da última reunião de política do Federal Reserve em julho, quando as taxas de juros foram deixadas estáveis em quase zero. Na reunião, funcionários do Fed discutiram as consequências econômicas da pandemia viral em curso, que fechou negócios e custou a milhões de norte-americanos seus empregos.

Os traders e investidores estão procurando por quaisquer mudanças no pensamento do banco central sobre a recuperação econômica, especialmente considerando a melhoria dos empregos e outros dados econômicos que surgiram desde a reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto no mês passado.

Os diretores do Fed avaliam que as informações econômicas disponíveis na reunião sugeriam um pico na recuperação econômica em maio e junho após o forte declínio de março e abril, mas sem ser suficiente para diminuir o nível de desemprego. A criação de postos de trabalho em maio e junho, de acordo com o payroll, apenas recuperou aproximadamente um terço dos empregos perdidos durante a eclosão da pandemia.

Taxas

O Fed se comprometeu a não aumentar as taxas em um futuro próximo, até a inflação e os números do emprego se recuperarem. O banco central estabeleceu uma política de inflação média de cerca de 2%, mas parece disposto a aceitar uma taxa superior a esse nível. Agora, a inflação paira em torno de 1%, de acordo com a última medida do Departamento do Trabalho.

Enquanto as taxas de curto prazo são direcionadas para perto de zero, as taxas de juros reais de longo prazo se tornaram negativas. Isso fez com que o preço do ouro disparasse para um recorde acima de US$ 2.000 por onça, enquanto o dólar caiu contra outras moedas mundiais.

O que resta saber é se o Fed será mais acomodativo do que foi mesmo depois da crise financeira. Doze anos atrás, o Fed cortou as taxas para zero e as manteve assim por seis anos, muito depois de a economia e os mercados terem se recuperado.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: