Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile

Ex-ministra Ellen Gracie coordenará apuração de Brumadinho; ação da Vale sobe 9%

31 janeiro 2019 - 11h34Por Angelo Pavini
A Vale anunciou hoje que, após processo de seleção liderado pela empresa internacional de consultoria Korn Ferry, o Conselho de Administração da Vale confirmou, nesta data, a nomeação da Ex-Ministra do Supremo Tribunal Federal, Dra. Ellen Gracie, para atuar como coordenadora de seu Comitê Independente de Assessoramento Extraordinário de Apuração (“CIAEA”).  Conforme informado ao mercado em 27 de janeiro, o CIAEA foi criado para apoiar o Conselho de Administração na apuração de causas e eventuais responsabilidades no contexto do rompimento da Barragem I da Mina Córrego de Feijão, em Brumadinho (MG). A Vale também esclareceu que decidiu descomissionar todas as barragens a montante, aquelas formadas a partir dos próprios rejeitos, uma camada sobre a outra. A decisão já havia sido tomada desde 2016, logo após o acidente da Samarco, informou a empresa. Segundo a Vale, todas as barragens a montante estavam estáveis e sendo descomissionadas em ritmo adequado. Até o final de 2018, de um total de 19 barragens, nove já haviam sido descomissionadas, restando 10. Após o evento de Brumadinho, a Vale decidiu acelerar esse processo. Para isso, a empresa vai parar operações próximas a essas estruturas para dar maior velocidade ao descomissionamento. A empresa disse ainda que, em julho de 2016, as operações de beneficiamento do minério da Mina Córrego de Feijão passaram a ser realizadas de forma a seco e, portanto, a Barragem I deixou de receber rejeitos provenientes da referida mina, tornando-se desativada desde então. Até agora, a empresa não conseguiu explicar como a barragem de Brumadinho, com todos laudos atestando sua segurança, rompeu-se, matando pelo menos 99 pessoas e deixando quase 200 desaparecidos e causando uma nova tragédia ambiental. Os papéis da Vale se recuperaram hoje, fechando em alta de 9,03%, a R$ 46,60. A alta da Vale, que foi também o papel mais negociado na Bovespa, ajudou o Índice Bovespa a fechar em alta de 1,42%, aos 96.996 pontos. Bradespar, holding não financeira do Bradesco que tem como principal ativo ações da mineradora, subiu 7,89%. Vários gestores de fundos de ações informaram que aproveitaram a forte queda das ações na segunda-feira, de 24,5%, para comprar os papéis. Ontem, as ações chegaram a subir mais de 4%, mas fecharam estáveis. O post Ex-ministra Ellen Gracie coordenará apuração de Brumadinho; ação da Vale sobe 9% apareceu primeiro em Arena do Pavini.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: