Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile

Em dia de realização de lucros, Ibovespa opera em queda; dólar avança

20 dezembro 2019 - 14h19Por Redação SpaceMoney
O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, operava em queda de 0,24%, com 114.858,45 pontos, atualizado às 13:09. Essa baixa pode ser explicada por um dia de realização de lucros, após o recorde do rali de natal. O índice bateu nova máxima intradiária e de fechamento ontem (19), motivado por um exterior cauteloso e noticiário interno favorável. Após a divulgação da geração de emprego no país no mês de novembro, o marcador se animou, porque os números geram maior expectativa perante a possibilidade de uma retomada da economia brasileira. Assim, o Ibovespa atingiu 115.132,01 pontos.

Dólar

Na direção oposta, o dólar comercial avançava 0,41%, cotado a R$ 4,080, no mesmo horário. Confira as principais notícias para o dia:

Destaques da sessão

Os destaques da sessão vão para as ações da Tupy, que avançavam mais de 10%, após o anúncio da compra pela Fiat Chrysler. São os únicos papéis com avanço significativo, com as atenções para o lado negativo da bolsa. A Copasa operava com uma desvalorização de 1% dos seus ativos, e a CCR recuava 1,90%, após o anúncio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) anunciar uma redução de 5,26% na tarifa dos pedágios da gestora.

Impeachment de Trump

Segundo pesquisa da Reuters/Ipsos divulgada na quinta-feira (19), os norte-americanos estão divididos quanto a saída ou não do presidente Donald Trump. Isso representa um desafio para os democratas, que buscarão uma vitória no Senado de maioria republicana. A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, disse que hesitou, num primeiro momento, para apresentar a proposta pois sabia que não teria apoio político suficiente para levar o impeachment até o final.

Guerra comercial

EUA e China planejam assinar a fase um dos acordos comerciais em janeiro de 2020, segundo informou o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, em entrevista a repórteres na Casa Branca. Ele disse que o acordo já havia sido colocado no papel, traduzido e que não estava sujeito a nenhuma negociação.

Criação de empregos

Beneficiada pelo comércio e pelos serviços, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em novembro, o oitavo mês seguido de crescimento. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho do MInistério da Economia, 99.232 postos formais de trabalho foram criados no último mês. Assim, o valor corresponde ao melhor nível de abertura de postos de trabalho para novembro desde 2010.

Banco Central eleva estimativa do PIB

O Banco Central (BC) aumentou a projeção de crescimento para 2019 e 2020, segundo o relatório trimestral, divulgado ontem (19). A previsão de expansão do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os produtos e serviços do país, passou para1,2% para 2019 e 2,2% para 2020. A instituição destaca que a elevação da projeção se deve ao fato de os indicadores mostrarem um caminho de aquecimento da economia nacional, como foi divulgado ontem (18) pelo Índice de Preços Gerais – Mercado (IGP-M). Sobre a taxa básica de juros, a Selic, a instituição afirmou que o ciclo é de otimismo, mas deve haver cautela na condução da política monetária a partir de agora.

IPCA-15

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) ficou acima do esperado para dezembro. O indicador passou de 0,14% em novembro para 1,05% neste mês, um acumulado no ano de 3,91%. Essa alta pode ser explicada pela elevação no grupo de preços de alimentação e bebidas, que avançou 2,59%, em virtude do preço das carnes, e teve, também, o maior impacto na composição do índice (0,63 ponto percentual). O maior avanço do IPCA-15, por região, ficou com a região metropolitana de Belém, com elevação de 1,72%.

Confiança na indústria

O Índice de Confiança na Indústria brasileira (ICI), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), cresceu três pontos em relação a novembro, atingindo o patamar de 99,3 pontos, o melhor desde julho de 2018, quando atingiu 99,5 pontos. Já o Índice de Expectativas também teve elevação de 2,3 pontos, saltando para 99,1 pontos.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: