quarta, 01 de dezembro de 2021
Volatilidade

Em dia de incertezas no mercado, Tesouro Prefixado bate recorde

Taxa do título com vencimento para 2031 passou de 11,08% na segunda para 12,10% nesta quinta

22 outubro 2021 - 09h57Por Redação SpaceMoney

Após três interrupções ao longo desta quinta-feira (21), causadas pela forte oscilação de preços e taxas diante do anúncio do programa Auxílio Brasil pelo governo federal, as negociações de títulos públicos no site oficial do Tesouro Direto foram retomadas com destaque para os papéis prefixados, que registrou a taxa mais alta desde que passou a ser oferecido, em fevereiro de 2020.

A taxa do título do Tesouro Direto prefixado com vencimento em 2031 passou de 11,08% no fechamento de segunda-feira (18) para 12,10% nesta quinta, um avanço de 0,52 ponto percentual.

O percentual pago pelo título prefixado de maior prazo voltou a se aproximar dos juros oferecidos pelo papel de vencimento mais longo disponível no Tesouro no ano de 2016, próximo ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. Na época, o Tesouro Prefixado com vencimento para 2023, por exemplo, tinha uma rentabilidade próxima de 12,10%.

O Tesouro Prefixado com vencimento em 2024 foi outro que registrou a taxa mais alta negociada até hoje. O papel pulou de 10,84% no fechamento de quarta-feira, para 11,36%.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content