Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
ações

Eletrobras lidera Ibovespa com possível projeto de lei para privatizar a estatal

17 julho 2019 - 12h08Por Investing.com
Nos primeiros negócios da manhã desta quarta-feira na bolsa paulista, as ações da Eletrobras (SA:ELET3) operam com importante alta, com os ON somando 3,43% a R$ 40,13 e os PNB 3,32% a R$ 40,48, desta forma, lideram os ganhos do Ibovespa. O mercado reage de forma positiva a notícia de que o governo prepara um projeto de lei para viabilizar a privatização da estatal e dos Correios. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a intenção do governo é reduzir sua participação acionária na Eletrobras para menos de 50%. Com os recursos, a companhia irá pagar à União pelo direito de operar as hidrelétricas a preço de mercado, com previsão de pagamento estimado de R$ 12 bilhões.

Quer investir em ações? Abra uma conta na XP Investimentos: online, rápido e grátis

Mais privatizações Segundo o jornal, a equipe econômica está perto de detalhar o ambicioso projeto de privatização, mas que o anúncio ainda esbarra na busca pela melhor estratégia para divulgar a ação. A ideia é que não pareça que as vendas contrariem os interesses e a soberania do país. As estimativas é que a venda das estatais pode trazer até R$ 450 bilhões aos cofres públicos. A percepção no Ministério da Economia é que atualmente existe uma menor resistência na sociedade e no Congresso em relação às privatizações. Angra 3 O presidente Jair Bolsonaro qualificou a usina nuclear de Angra 3, sob responsabilidade da estatal Eletrobras, ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal, segundo decreto publicado no Diário Oficial da União de hoje. Empreendimentos do PPI são tratados como prioridade nacional, o que segundo o governo agiliza processos e atos de órgãos públicos para viabilizar os projetos do programa. A qualificação de Angra 3 no PPI acontece em momento em que o governo busca retomar a construção da usina em Angra dos Reis (RJ), que se arrasta por décadas. A atração de um novo investidor para a usina nuclear tem sido colocada pelo Ministério de Minas e Energia como essencial para viabilizar a conclusão das obras, que ainda deve demandar mais de 15 bilhões de reais.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: