segunda, 06 de dezembro de 2021
Consumo

É empreendedor? Confira 4 dicas para aumentar as vendas na Black Friday 2021

Segundo uma pesquisa da E-bit/Nielsien, o varejo brasileiro deve movimentar R$ 110 bilhões na data deste ano

27 outubro 2021 - 13h33Por Redação Spacemoney

A Black Friday é uma das datas mais aguardadas e importantes para o varejo brasileiro. Todos os anos as empresas planejam ações, promoções e trazem novidades para seus clientes. Em 2020, houve um aumento considerável no faturamento, em relação ao ano anterior, e esse ano promete ainda mais: segundo uma pesquisa da E-bit/Nielsien, o varejo brasileiro deve movimentar R$ 110 bilhões na Black Friday deste ano.

E, com tantos comerciantes preparando suas estratégias para se destacarem no mercado, fazer uma análise de quais serão os desafios e o que o consumidor espera da data será essencial. Segundo o Behup, Pesquisa Retomada do Consumo 2021 para Inteligência de Mercado Globo, 80% dos consumidores pretendem realizar novas compras através de canais de venda como WhatsApp ou redes sociais de loja e 88% pretendem participar de live-commerces.

Isso porque as vendas online cresceram significativamente na pandemia e, mesmo com o avanço da vacinação e o retorno das atividades das lojas físicas, a compra digital é um conforto que o consumidor não quer mais abrir mão.

Para os empreendedores que querem faturar mais nesta época, a OmniChat, empresa do segmento de chat-commerce no Brasil, separou algumas dicas. Confira:

O foco está no consumidor

Com o crescimento significativo das vendas online, proporcionar uma boa experiência ao cliente virou um grande desafio para as empresas. Mas, as marcas precisam entender que manter o atendimento humanizado das lojas físicas nas plataformas digitais, aumenta bastante as chances de conquistar o consumidor.

Segundo um estudo feito pela Right Now, 86% dos consumidores estão dispostos a pagar até 25% a mais para uma loja que proporcione um atendimento de qualidade. Ou seja, um atendimento personalizado não apenas garante a fidelização do cliente, mas também pode aumentar a margem de lucro das vendas online na Black Friday 2021.

Atenção aos prazos de entrega

Muita coisa mudou com a aceleração dos processos digitais, e o cenário de entregas acompanhou isso. Entregar na data prometida já não é mais um diferencial: é o básico. O novo consumidor espera que seu produto chegue cada vez mais rápido. As marcas precisam, cada vez mais, dar opções de frete para o consumidor. Possibilitar a compra online e a retirada na loja física, fazer parcerias com múltiplas transportadoras e fretes com motoboy, por exemplo, são possibilidades viáveis que você pode adotar a tempo de garantir entregas mais rápidas na Black Friday da sua empresa.

Vários canais

A jornada do consumidor já não se resume a apenas um canal. O cliente está na sua loja física, nas suas redes sociais, pesquisando no e-commerce e, ao mesmo tempo, falando com um vendedor da sua loja pelo WhatsApp. E para se destacar na Black Friday, é preciso olhar para todos esses canais. E prestar um bom atendimento em todos eles. Quanto mais fluida for a experiência do seu cliente, maior será sua satisfação, refletindo diretamente na taxa de conversão das suas vendas.

Opções de pagamentos e benefícios ainda fazem muita diferença

Já se foi o tempo que formas de pagamento eram apenas meios para receber o dinheiro dos clientes. Hoje em dia, oferecer várias possibilidades de formas de pagamento se tornou um grande diferencial competitivo. Na Black Friday 2021, não basta ter boas promoções. É preciso dar possibilidades para seu cliente pagar: cartão de crédito, boleto e o queridinho do momento, o pix, são os principais meios utilizados pelos brasileiros. Além disso, benefícios como Cashback e frete grátis para determinados valores de compra, podem ser fatores determinantes na hora do consumidor escolher uma marca.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content