Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
ganhos

Dow sobe em direção à alta de 7 dias com suporte do adiamento das tarifas

11 junho 2019 - 13h39Por Investing.com
O Dow estava na direção de sete dias de ganhos nesta terça-feira (11), com os novos estímulos fiscais da China e a suspensão das tarifas sobre as importações do México ajudando a impulsionar o sentimento dos investidores. O Dow ganhou 121 pontos ou 0,5% às 10h38, enquanto o S&P 500 subia 17 pontos ou 0,6% e o índice de tecnologia Nasdaq composite subia 63 pontos ou 0,8%. O presidente Donald Trump adiou uma decisão sobre as tarifas de importação para o México na sexta-feira, embora os investidores permaneçam no limite após a administração ter ameaçado novas ações contra a China na segunda-feira. Trump também voltou ao Twitter para protestar contra o Federal Reserve por manter as taxas de juros (e, indiretamente, a taxa de câmbio do dólar) muito altas. De um dia para o outro, as ações chinesas subiram mais em um mês depois que a mídia estatal informou que Pequim procuraria acelerar o investimento em projetos de infraestrutura por meio de novos bônus para fins especiais emitidos pelo governo local. "O mercado neste momento continua a subir. Há uma combinação de fatores em jogo, houve tarifas do México sendo suspensas e o plano de estímulo chinês hoje", disse Peter Cardillo, economista-chefe de mercado da Spartan Capital Securities em Nova York. As ações da FANG foram maiores após o início do pregão, com o Facebook (NASDAQ:FB) ganhando 2,6%, a Apple (NASDAQ:AAPL) subindo 1,4%, a Netflix (NASDAQ:NFLX) até 0,9%, e o Google (NASDAQ:GOOGL) em alta de 1,7%. A Broadcom (NASDAQ:AVGO) saltava 2,5% após a notícia de que a fabricante de chips assinou um contrato de fornecimento de dois anos com a Apple para fornecer componentes front-end de rádio frequência para vários produtos da Apple enquanto a AMD caía 1% após subir para a maior alta de 13 anos na segunda-feira. A Beyond Meat (NASDAQ:BYND) caiu 13,5% depois que o JP Morgan rebaixou as ações de “overweight” para “neutro”, já que a ação está “além de nossa meta de preço” de US$ 120, informou a CNBC. No entanto, ainda esta sendo negociada em mais de cinco vezes o seu preço de IPO. Com relação a commodities, os contratos futuros de ouro caíam 0,5% para US$ 1.328,35 por onça troy, enquanto petróleo bruto saltava 0,9%, para US$ 53,72. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, permanecia estável em 96,718. - Reuters contribuiu com esta matéria
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: