terça, 07 de dezembro de 2021
finançaspessoais

Dólar renova máxima histórica, aos R$ 4,392, e Ibovespa tem forte queda

20 fevereiro 2020 - 18h44Por Redação SpaceMoney

Na esteira dos mercados internacionais, o Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, encerrou esta quinta-feira (20) em forte baixa de 1,66%, aos 114.586,24 pontos.  Já o dólar comercial fechou com valorização de 0,59% ante o Real, disparando para cotação de R$ 4,392 e renovando novamente sua máxima. No acumulado do ano, a moeda norte-americana já acumula valorização de 9,44% frente ao real. Na B3, a ação da Embraer fechou com valorização de 3,36% após anunciar fechamento de acordo com as autoridades dos EUA. A Petrobras, apesar do lucro histórico, oscilou durante o pregão e, no fechamento, caiu 2,6%. Por sua vez, após reportar prejuízo de R$ 268 milhões, a Ultrapar liderou as perdas, com 7,33%, mesmo percentual de queda registrado pelo Pão de Açúcar (7,33%). Veja os principais fatores que influenciaram o mercado financeiro na sessão de hoje:

Mercados internacionais

No Japão, o Índice Nikkei fechou em alta e os índices chineses fecharam na máxima para o mês, com o anúncio de novos cortes nos juros. Os principais índices europeus, por sua vez, caíram: DAX (-0,91%), CAC 40 (-0,80%) e FTSE 100 (-0,27%). Em Nova York, o desempenho no dia também foi negativo: Dow Jones (-0,44%), S&P 500 (-0,38%) e Nasdaq (0,67%). Leia mais: Ações fecham o pregão em alta e o Índice Nikkei 225 avança 0,34%

China

O Banco Central chinês reduziu a taxa juros Banco do Povo da China, reduzindo a taxa de juros de 4,15% para 4,05% ao ano, na esperança de estimular a economia, afetada pela crise do coronavírus.

Coronavírus

A China, epicentro da epidemia, anunciou o menor aumento de casos para um dia em quase um mês, com mudanças nos critérios de registro de infectados. Até agora, são mais de 70 mil casos e 2.118 mortos pelo surto. No entanto, as notícias sobre casos de coronavírus fora da China também preocupam os investidores. O Japão apresentou mais 2 mortes pelo COVID-19, além de 84 novos casos.

IPCA-15 e ICC

O IBGE divulgou hoje o IPCA-15 de fevereiro, prévia do IPCA. O indicador, que mede a inflação do dia 16 do mês anterior ao 15 do mês de referência, foi de 0,22%, menor resultado para fevereiro desde 1994. No ano, a inflação acumula alta de 0,93%. Já o Índice de Confiança do Consumidor, medido pela Fundação Getúlio Vargas, recuou 2,6 pontos em fevereiro, atingindo 87,8 pontos. É o menor valor para o índice desde maio de 2019. Leia mais: IBGE: IPCA-15, prévia da inflação oficial fica em 0,22% em fevereiro

Balanços

A Petrobras divulgou ontem seus resultados para o 4º trimestre e reportou lucro anual recorde, de mais de R$ 40 bilhões. Hoje, a Gol publicou seu balanço antes do pregão. Após as negociações do dia, é a vez da Vale, Carrefour, Copasa, Lojas Americanas e SulAmérica. Leia mais: Petrobras registra lucro recorde de R$ 40,1 bi em 2019
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content