domingo, 16 de janeiro de 2022
[Square Banner - Mobile Topo 2] [300x250] [mobile] - Assessoria Ipê Investimentos 2022
[SpaceNow Desktop] [200x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
[SpaceNow Mobile] [150x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
Recorde no endividamento

Dívida do São Paulo Futebol Clube atinge recorde de R$ 675 milhões

Segundo reportagem do UOL, endividamento aumentou R$ 70 milhões sobre fim de 2020

30 novembro 2021 - 20h02Por Redação SpaceMoney
[Billboard Topo 2] [970x250] [pagina-inicial] - Assessoria Ipê Investimentos 2022

A dívida atual do São Paulo Futebol Clube atinge recorde de R$ 675 milhões. O endividamento do clube aumentou em R$ 70 milhões em comparação a 2020. As informações são de Brunno Carvalho, do UOL Esporte.

Em relação aos dados divulgados pelo clube paulista, o conselho fiscal da instituição emitiu um relatório em que recomenda que o São Paulo tenha “cautela” em futuras contratações. 

O exemplo utilizado para justificar a recomendação é o caso de Daniel Alves, ex-jogador do clube, que atualmente defende o Barcelona, da Espanha. Após a rescisão do contrato com o atleta, realizada em setembro, o clube concordou em pagar uma dívida que totalizaria entre R$ 15 milhões a R$ 18 milhões, montante que inclui salários atrasados e uma parcela dos ganhos previstos até o fim do acordo.

[04] [Square Detalhe Notícia] [300x250] [geral] Melhores investimentos 2022

Com a divulgação do valor recorde dos passivos, o São Paulo figura entre os clubes com maior endividamento no Brasil. O Atlético-MG lidera essa lista, com R$ 1,2 bilhões, seguido do Cruzeiro, com R$ 963 milhões, e Corinthians com R$ 949 milhões.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content