segunda, 29 de novembro de 2021

Destaques: vacina para covid-19 e queda no petróleo

20 julho 2020 - 09h10Por Investing.com

Por Geoffrey Smith - Investing.com - Os pacotes de estímulo nos EUA e na Europa estão no radar dos investidores. A AstraZeneca atualiza o desenvolvimento do seu medicamento contra Covid-19, que é muito elogiado.

Os preços do petróleo caem com indícios de um impacto na demanda chinesa. Walt Disney se junta discretamente ao boicote à publicidade no Facebook, enquanto a Chevron está pronta para comprar a Noble Energy. 

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na segunda-feira, 20 de julho.

1. Briga pela próxima rodada de estímulo

A semana começa com dois pacotes de estímulo econômico em foco. Os republicanos do Congresso devem se reunir com o presidente Donald Trump para discutir os termos do que seria o quinto pacote de ajuda dos EUA, 11 dias antes do vencimento de uma série de medidas anteriores.

"A economia provavelmente não está pronta para a retirada abrupta de dinheiro", disse Paul Donovan, economista-chefe do UBS Global Wealth Management, em um briefing matinal.

Enquanto isso, na Europa, uma cúpula da União Europeia que visava aprovar o fundo de recuperação de 750 bilhões de euros (US$ 860 bilhões) se arrastou para o quarto dia, em meio à resistência de cinco países do norte da Europa à ideia de 500 bilhões de euros em subsídios para países mais pobres. Os relatórios sugerem que a proporção de doações pode ser reduzida para apenas 390 bilhões de euros, deixando uma parte maior para ser composta por empréstimos condicionais que levariam mais tempo para serem aprovados e desembolsados.

O euro ainda subia 0,3%, para 1,1460 dólares, às 8h38 (horário de Brasília), próximo da máxima de quatro meses.

2. AstraZeneca/Oxford University devem atualizar sobre o progresso de seu medicamento

A AstraZeneca (LON:AZN) deve divulgar os resultados de ensaios clínicos para o seu medicamento experimental para a Covid-19, sendo desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra.

O medicamento da AZ foi apontado pela Business Week na semana passada como o principal candidato entre todas as várias vacinas que estão sendo desenvolvidas pela indústria farmacêutica mundial. Os resultados dos testes iniciais sugeriram que a droga matava não apenas o vírus, mas também as células infectadas por ele, fortalecendo a resposta imune do corpo.

Além disso, as ações da empresa holandesa de tecnologia médica Philips subiram 4,8% para o nível mais alto desde janeiro, após registrar um aumento nas vendas e nos pedidos de seus ventiladores, enquanto a Synairgen, small cap do Reino Unido, mais do que triplicou de valor depois de reportar resultados positivos em estágio inicial para uma proteína para o tratamento da Covid.

3. Ações devem abrir em baixa; balanços da IBM (NYSE:IBM) e da Halliburton são esperados

As bolsas de valores dos EUA estão prontas para abrir em sua maioria em baixa, no contexto de mais notícias negativas no fim de semana sobre a disseminação do coronavírus. A Flórida divulgou seu quinto dia consecutivo de mais de 10.000 novos casos no domingo, enquanto o prefeito de Los Angeles disse que a cidade estava "à beira" de impor novas restrições para tentar diminuir a propagação do vírus.

Enquanto isso, o presidente Trump disse à Fox News que o país está lidando com as “brasas moribundas” da epidemia, embora tenha reconhecido que a Flórida ainda era “uma chama”.

Às 8h38, o contrato futuro do Dow caía 29 pontos, ou 0,1%, enquanto o contrato futuro do S&P 500 caía 0,1% e o contrato futuro Nasdaq 100 subia 0,2%.

A temporada de balanços continua com os resultados da empresa de serviços de petróleo e gás Halliburton (NYSE:HAL) antes da abertura e a IBM após o fechamento.

4. Disney se junta ao boicote ao Facebook (mais ou menos)

A Walt Disney (NYSE:DIS) se juntou ao boicote publicitário ao Facebook devido à sua falha em combater o discurso de ódio em suas plataformas de mídia social, de acordo com o Wall Street Journal.

A Disney, que foi o maior anunciante do Facebook no primeiro semestre do ano, com gasto total com publicidade de cerca de US$ 210 milhões, não tomou nenhuma decisão pública sobre sua política de publicidade, mas o número de anúncios para seu novo serviço de streaming Disney+ nos principais sites do Facebook quase secou, ​​disse o WSJ.

Além disso, a empresa também interrompeu a publicidade do serviço Hulu no Instagram.

5. Petróleo enfraquece com notícias chinesas; Chevron deve comprar a Noble

Os preços do petróleo começaram a semana em baixa com notícias de que as refinarias chinesas reduzirão o processamento em resposta a uma queda na demanda local devido a fortes enchentes.

Os contratos futuros de petróleo caíram 0,6%, para US$ 40,52 por barril, enquanto o índice internacional Brent caía 0,6%, para US$ 42,88 por barril, ainda sustentando os preços na faixa dos US$ 40.

A pressão dos preços baixos também ficou evidente nas notícias de que a Noble Energy estava em negociações avançadas para ser comprada pela Chevron.

Além disso, notícias diziam que o rei Salman da Arábia Saudita e o Emir do Kuwait estavam doentes com a Covid-19.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content