Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile

Destaques: rali do ouro e quedas no petróleo

22 julho 2020 - 09h08Por Investing.com

Por Geoffrey Smith - Investing.com - A Tesla publica o aguardado balanço do segundo trimestre, com suas legiões de fãs-investidores apostando fortemente que outro lucro trimestral levará à sua inclusão no S&P 500

As conversas sobre o próximo pacote de estímulos no Congresso dos EUA estão estagnadas devido a diferenças de opinião entre a administração e republicanos do Senado, bem como entre republicanos e democratas. 

O ouro parece pronto para testar sua máxima histórica em dólar de nove anos atrás, enquanto a prata também está estourando. As ações estão definidas para abrir com sentido misto e os dados semanais dos estoques de petróleo nos EUA estão pesando sobre os preços da commodity. 

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na quarta-feira, 22 de julho.

1. Hora do show para a Tesla

O momento da verdade para Tesla (NASDAQ:TSLA) está prestes a chegar. Ou melhor, a empresa publicará seus resultados do segundo trimestre após o fechamento do mercado, em um momento em que sua valuation está, mais do que nunca ancorada na fé e não na análise econômica racional.

Os analistas esperam que a empresa tenha perdido 19 centavos de dólar por ação, com receita de US$ 5 bilhões no trimestre, mas os touros foram sustentados por números de entrega surpreendentemente fortes e pelo vazamento de memorandos internos do CEO Musk sugerindo que a empresa pode se equilibrar.

Outro lucro trimestral seria uma condição necessária - mas não suficiente - para a inclusão no S&P 500, forçando uma infinidade de fundos gerenciados passivamente a deter as ações. As especulações sobre a inclusão no S&P 500 têm sido um fator importante por trás da recuperação de 60% das ações desde o final de junho.

2. Negociações de estímulo progridem lentamente

As negociações sobre o novo pacote de estímulo dos EUA devem continuar, faltando apenas nove dias para a expiração de muitos dos atuais mecanismos de suporte.

O líder do Senado Mitch McConnell disse na terça-feira que proporia uma nova rodada de pagamentos diretos às pessoas abaixo de um certo limite de ganhos, semelhante aos cheques de US$ 1.200 emitidos no início do ano. No entanto, o preço de US$ 1 trilhão discutido pelos republicanos está longe do pacote de US$ 3 trilhões que está sendo preparado pelos democratas da Câmara.

Além de brigar com os democratas, não está claro se os republicanos do Senado estão de acordo com o desejo do presidente Trump de ver um corte de impostos na folha de pagamento incluído no projeto de lei.

3. Ações devem abrir mistas. Ganhos de Microsoft (NASDAQ:MSFT), CSX e Chipotle são esperados

Os mercados de ações dos EUA devem abrir mistos, com o Dow e o S&P 500 em queda, mas o Nasdaq estável após a retração de terça-feira em relação à sua mais recente alta histórica.

Às 8h35 (horário de Brasília), o contrato futuro do Dow caía 63 pontos ou 0,2%, enquanto o contrato futuro do S&P 500 caía 0,2% e o contrato futuro da Nasdaq 100 subia 0,2%.

Pesa no sentimento de menor apetite ao risco a elevação das tensões entre EUA e China com o fechamento do consulado chinês em Houston pelo governo dos EUA, que alega "proteção de propriedade intelectual e informações privadas dos americanos". O comunicado da decisão utiliza uma retórica pesada e cita como intoleráveis "violações de soberania e intimidação de nosso povo pela China" e "outros comportamentos odiosos". 

Já o governo chinês acusa os EUA de fechar a representação "abruptamente". O Ministério das Relações Exteriores do país diz que "reagiria com contramedidas firmes" se a decisão não fosse revogada. A escalada das tensões se reflete na queda dos índices europeus um dia após atingir máxima de 4 meses. O índice pan-europeu Stoxx 600 recuava 0,84%.

Voltando aos EUA e a temporada de resultados, entre os primeiros a divulgar seus balanços, a Thermo Fisher e a Check Point Software superaram as expectativas de ganhos nos três meses até junho. No entanto, os grandes lançamentos do dia vêm após o fechamento, com Microsoft, CSX, Chipotle Mexican Grill e Las Vegas Sands se juntando à Tesla na divulgação de resultados.

4. Rali de ouro e prata continua

Os futuros de ouro e prata continuaram a subir depois de atingir máximas históricas com base nas expectativas de que taxas de juros reais baixas ou negativas serão um fato nos próximos anos. Às 8h38, os contratos futuros de ouro subiam 0,8%, a US$ 1.858,80 por onça troy, enquanto os contratos futuros de prata subiam 5%, a US$ 22,64.

O rali do ouro ocorre no momento em que o Senado está pronto para aprovar a nomeação de Judy Shelton para o Conselho de Governadores do Federal Reserve. Shelton defendeu no passado um retorno ao padrão ouro, uma política que teria conseqüências poderosamente deflacionárias se fosse reintroduzida hoje.

O ouro agora parece pronto para testar o nível de US$ 1.900 por onça pela primeira vez desde setembro de 2011, enquanto a prata está no seu nível mais alto desde 2013.

5. Quedas no petróleo após API relatar aumento dos estoque

Os preços do petróleo recuaram das máximas de quatro meses depois que o American Petroleum Institute registrou um aumento de 7,54 milhões de barris nos estoques de petróleo dos EUA na semana passada, revertendo quase totalmente a queda da semana anterior.

Os números levantam novas dúvidas sobre se a demanda de combustível nos EUA pode se recuperar de forma sustentável, enquanto o sul e o oeste do país continuam relatando números crescentes de mortes e novas infecções pelo coronavírus.

Os contratos futuros de petróleo caíam 1,6%, para US$ 41,25 por barril, enquanto o índice internacional Brent caía 1,4%, para US$ 43,71 por barril.

Os dados de estoques do governo para a semana passada devem ser divulgados às 11h30.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: