Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile

Destaques: casos de coronavírus e estabilidade no petróleo

06 julho 2020 - 09h15Por Investing.com

Por Geoffrey Smith 

Investing.com - Os investidores chineses acumulam ações por insistência de Pequim. Dominion e Duke abandonam o gasoduto da Costa Atlântica citando riscos regulatórios. Warren Buffett volta às compras.

As ações dos EUA devem reabrir em alta após o fim de semana prolongado, ignorando mais sinais de um surto de coronavírus nos estados do sul e do oeste do país. 

Os preços do petróleo estão estáveis, pois a Arábia Saudita sinaliza confiança nas perspectivas para agosto. 

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na segunda-feira, 6 de julho.

1. Investidores de varejo da China aumentam

O índice de ações de referência da China teve a maior alta em mais de um ano em uma onda de compra de investidores de varejo incentivada pela mídia estatal.

CSI 300 de Xangai e Shenzhen subiram 5,7%, depois que o Chinese Securities Journal falou da necessidade de promover um "mercado em alta saudável" nas ações domésticas.

Os comentários vêm no contexto de ameaças às listagens de empresas chinesas nos EUA devido ao conflito comercial e geopolítico entre os dois países, algo que parece aumentar a dependência das empresas chinesas ao mercado de capitais doméstico a médio prazo.

Faz menos de cinco anos desde a última bolha dramática nas ações chinesas, uma bolha que também foi inflada por uma combinação de entusiasmo dos investidores de varejo e mensagens fortes do Estado.

2. Dominion e Duke jogam a toalha no oleoduto da Costa Atlântica

A Dominion Energy (NYSE:D) e a Duke Energy (SA:GEPA4) disseram que abandonarão seu plano de construir o oleoduto da Costa Atlântica, de US$ 8 bilhões, sob a trilha dos Apalaches, citando “a crescente incerteza jurídica que afeta o desenvolvimento de infraestrutura industrial e de energia em larga escala nos Estados Unidos.”

A Dominion também venderá seus negócios restantes de transporte e armazenamento de gás para a Berkshire Hathaway (NYSE:BRKa), de Warren Buffett, em um acordo que avalia os ativos em US$ 9,7 bilhões, incluindo dívidas. O acordo marca o fim de uma seca para Buffett, que se queixou repetidamente da falta de avaliações atraentes para as empresas americanas nos últimos meses.

A Berkshire também terá 25% no terminal de GNL de Cove Point da Dominion, embora a Dominion continue sendo o maior acionista.

3. Ações devem abrir em alta; Uber (NYSE:UBER) em foco com notícias de acordo com Postmates

Os mercados de ações dos EUA devem reabrir após o longo fim de semana de bom humor, já que a narrativa de reabertura econômica continua a dominar o aumento contínuo das taxas de infecção por coronavírus no sul e no oeste do país.

Às 8h41, o contrato futuro de Dow Jones 30 subia 340 pontos, ou 1,3%, enquanto o contrato futuro de S&P 500 subia 1,1% e o contrato futuro doNasdaq 100 ganhava 1,2%.

Entre as ações que provavelmente estarão em foco na segunda-feira estão o Uber, que no fim de semana estava próximo de comprar o serviço de entrega de alimentos Postmates em uma transação com ações no valor de US$ 2,65 bilhões. O acordo tem como objetivo fortalecer a posição do UberEats, que o CEO Dara Khosroshahi disse fazer parte central de sua estratégia para o grupo.

4. Casos de coronavírus continuam aumentando nos EUA e no mundo

Flórida e Texas registraram seus maiores números diários até o momento para novos casos do coronavírus da Covid-19, mas os políticos do estado indicaram que não fecharão a economia local novamente.

O Texas registrou 8.076 novos casos de Covid-19 no sábado, na primeira vez que ultrapassou o limite de 8.000, enquanto a Flórida registrou 11.458 novos casos no mesmo dia, também um recorde.

A Flórida informou no sábado que 14,1% das pessoas testadas para o coronavírus tinham resultado positivo, enquanto no Texas o número foi de 13,1%. A Organização Mundial da Saúde, que registrou uma nova alta diária global para novas infecções no fim de semana devido a surtos contínuos no sul da Ásia, na América Latina e nos EUA, diz que os governos não devem reabrir negócios se essa taxa for superior a 5%.

5. Petróleo estável enquanto a Arábia Saudita aumenta os preços oficiais

Os preços do petróleo estavam estáveis ​​acima da marca de US$ 40, com a sinalização de preços da Arábia Saudita, o maior exportador do mundo, reforçando a confiança de que o mercado físico está se aproximando do equilíbrio (apesar dos altos níveis de petróleo armazenado em todo o mundo).

A Reuters informou que a Arábia Saudita aumentou seus preços de venda oficiais para todos os tipos de petróleo em agosto em US$ 1, em relação à média de Omã/Dubai.

Os contratos futuros de petróleo caíam 0,4%, para US$ 40,50 por barril, em meio à preocupação com a força relativa da demanda dos EUA à luz dos desenvolvimentos no Texas e na Flórida, enquanto a referência internacional Brent subia 0,7%, para US$ 43,09 por barril.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: