Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
balanço csn

CSN sobe mais de 5% com mercado à espera do balanço do 3T20

15 outubro 2020 - 17h44Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - Nesta quinta-feira, depois do fechamento dos mercados, a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN (SA:CSNA3)) irá divulgar os números do terceiro trimestre do ano, sendo a primeira das empresas de maior relevância a apresentar o balanço do período. A expectativa do mercado é positiva, tendo em vista o cenário de recuperação econômica.

O otimismo com o resultado puxa a valorização das ações da CSN, se destacando  na ponta positiva do Ibovespa nesta tarde. Ao final do pregão, a alta foi de 5,71% a R$ 19,45.

O consenso dos analistas aponta um lucro líquido por ação de R$ 1,29, sendo que um ano antes da CSN registrou perdas de R$ 0,72, pior do que os R$ 0,70 negativos que eram esperados na época. Já no segundo trimestre de 2020, o resultado foi de R$ 0,31, diante de R$ 0,34 de estimativa.

No caso das receitas, a mediana das projeções dos analistas aponta para R$ 7,83 bilhões, contra os R$ 6,01 bilhões apurados no terceiro trimestre de 2019. No caso do trimestre passado, as entradas no caixa da companhia chegaram a R$ 6,22 bilhões.

O banco Safra espera que a CSN registre bons resultados no 3T20, sustentados por preços e volumes mais altos em suas divisões de mineração e siderurgia. Os analistas estimam receita líquida trimestral de R$7,9 bilhões (+ 27% t/t), EBITDA ajustado de R$3,0 bilhões (+ 55% t/t) e lucro líquido de R$1,5 bilhão (vs. R$446 milhões no 2T20).

O banco segue otimista com a CSN, uma vez que a empresa deve continuar a se beneficiar de um mercado de minério de ferro resiliente e um ambiente doméstico favorável para o aço, com volumes em expansão e melhores preços. Melhores resultados também devem apoiar uma redução na alavancagem.

Mais um trimestre positivo para a mineração. Esperamos que os preços realizados do minério de ferro sejam 17% mais altos no trimestre, refletindo os preços de referência mais altos, enquanto os embarques devem crescer 14% no trimestre, para 8,8Mt em um trimestre sazonalmente forte.

Os volumes de aço devem crescer 10% no trimestre como resultado de uma expansão sequencial saudável de 15% das vendas domésticas, enquanto os volumes externos devem permanecer estáveis. A equipe prevê que os preços sejam 5% superiores aos do 2T20 refletindo parcialmente os aumentos que foram implementados a partir de julho.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: