Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
Cemig

Cemig reverte prejuízo e sobe 3%; XP avalia que pior ‘ficou para trás’

16 novembro 2020 - 12h48Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações preferenciais da Cemig (SA:CMIG4) subiam 3,36% após a companhia reverter o prejuízo do terceiro trimestre do ano passado, com lucro líquido de R$ 545,4 milhões, em sinal de que o momento mais crítico dos impactos da pandemia já foi superado, segundo analistas da XP Investimentos.

Os papéis eram negociados a R$ 11,70 por volta das 12h45. As ações iam em linha com a alta de 1,06% do Ibovespa desta manhã, a 105.829 pontos.

A XP Investimentos destaca que os resultados refletiram um resultado forte da subsidiária de geração e transmissão, a Cemig GT, com Ebitda ajustado acima das expectativas. Ainda assim, a companhia manteve a recomendação neutra para o papel, com preço-alvo de R$ 11,00, por ainda ver que o ambiente desafiador para o setor de distribuição de energia e a volatilidade macroeconômica generalizada provocada pela pandemia Covid-19 “não são favoráveis para uma empresa que ainda possui elevado endividamento quando comparada às suas pares”.

Mais resultados

O lucro, antes de juro, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) consolidado da companhia somou R$ 1,4 bilhão (ante R$ 195,4 milhões no terceiro trimestre de 2019), enquanto o ajustado foi para R$ 1,33 bilhão (R$ 1,068 bilhão um ano antes). A margem Ebitda subiu para 20,86% no terceiro trimestre, de 17,6% no mesmo período de 2019.

A receita líquida aumentou 4,9% no período comparativo, para R$ 6,36 bilhões. A dívida líquida da Cemig caiu 21,5% no terceiro trimestre frente ao mesmo período do ano passado, para R$ 10,58 bilhões, enquanto excluindo hedge, foi para R$ 7,3 bilhões, contração de 38,1% no período comparativo.

O total da dívida bruta consolidada da Cemig estava em R$ 16,1 bilhões até setembro, montante R$ 1,33 bilhão superior ao do final de 2019, refletindo, principalmente, a desvalorização do real, que impactou no aumento da dívida em dólar em R$ 2,4 bilhões no período.

Com informações do Estadão Conteúdo

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Tags: Cemig
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: