Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Carteira MyCap

Carteira mensal de ações Top10 da MyCap tem quatro alterações; confira

03 novembro 2020 - 12h47Por Investing.com

Por Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - A MyCap realizou quatro trocas em sua carteira de ações Top 10 para o mês de novembro. CEMIG (SA:CMIG4), Ambev (SA:ABEV3), CSN (SA:CSNA3) e Klabin (SA:KLBN11) deram lugar a Eletrobras (SA:ELET3), Rumo (SA:RAIL3), Usiminas (SA:USIM5) e Eztec (SA:EZTC3).

Assim, a carteira passa a ser composta por Itausa (SA:ITSA4), Gerdau (SA:GGBR4), B3 (SA:B3SA3), Petrobras (SA:PETR4), Magazine Luiza (SA:MGLU3), Eletrobras (ELET3), Rumo (RAIL3), Usiminas (USIM5), Eztec (EZTC3) e Via Varejo (SA:VVAR3). Em outubro, o portfólio teve rentabilidade de 2,74%, desempenho melhor do que o Ibovespa, que rendeu -0,69%.

A carteira Top 5, por outro lado, permanece inalterada, com Itausa (ITSA4), Gerdau (GGBR4), B3 (B3SA3), Petrobras (PETR4) e Magazine Luiza (MGLU3). Esse conjunto de ativos, por sua vez, teve rentabilidade de 1,18% no mês passado.

Segundo a corretora, a manutenção de Itausa na carteira deve-se à expectativa de resultado positivo para o terceiro trimestre, além da aposta em uma potencial valorização após o anúncio de intenção de diversificação dos investimentos. Além disso, a MyCap acredita que a empresa deve se beneficiar de incentivos a empréstimos a micro, pequenas e médias empresas, do crescimento das vendas de imóveis e do foco no fortalecimento da gestão de suas controladas.

A Gerdau, por sua vez, foi mantida no portfólio por causa das expectativas positivas para o setor, com destaque para a retomada da produção industrial chinesa, que eleva os preços no mercado internacional. A corretora acredita na continuidade da recuperação das vendas.

Para a B3, o motivo da manutenção é a volatilidade do mercado, que beneficia a receita da companhia.

Em relação à Petrobras, a MyCap diz acreditar no aumento da demanda, ainda que haja uma segunda onda de Covid-19. Além disso, a empresa reforçou seu guidance de vendas de subsidiárias e desalavancagem, o que gera melhorias operacionais e redução de despesas.

Sobre a Magazine Luiza, a corretora afirma que a empresa se destaca no setor e deve apresentar resultado positivo no terceiro trimestre, com o aumento no número de produtos no marketplace e com melhorias em logística. Além disso, a MyCap destaca as frequentes aquisições e parcerias.

A Eletrobras, que entrou na carteira neste mês, mostra-se resiliente em momentos de volatilidade, segundo a corretora, além de apresentar elevada liquidez, previsibilidade na receita e expectativa de distribuição de proventos. Ainda, negociações para a privatização de algumas controladas via pulverização de ações indicam possibilidades de ganhos de capital.

Também nova na carteira, a Rumo deve se beneficiar com a elevação da demanda por produtos agrícolas, segundo a MyCap, que julga ainda que os resultados do terceiro trimestre devem ser positivos.

A Usiminas foi incluída na carteira por sua performance positiva em siderurgia e mineração, setores que devem continuar a apresentar retornos elevados com retomada da demanda.

No caso da Eztec, a corretora acredita que o conjunto de juros baixos, incentivos do governo a trabalhadores e empresas, linhas de crédito com condições especiais e a retomada do comércio criam um momento positivo para a empresa, que pode elevar suas vendas. Seu portfólio diversificado a coloca à frente de suas concorrentes, na perspectiva da MyCap.

Finalmente, a Via Varejo foi mantida porque a corretora aposta em resultados positivos e na capacidade de expansão dos negócios. A MyCap acredita que a empresa se encontra em posição favorável em relação às concorrentes por seu portfólio diversificado.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: