terça, 07 de dezembro de 2021
supermercados

Carrefour e GPA recuam; vendas de supermercados sobem em maio

16 julho 2020 - 11h26Por Investing.com
Por Gabriel Codas - Investing.com - No começo da sessão desta quinta-feira na bolsa paulista, as ações do Carrefour (SA:CRFB3) e do Pão de Açúcar (SA:PCAR3) operam com desvalorização, em dia marcado por cautela nos mercados. Na véspera, a Abras informou que as vendas reais de supermercados do país subiram 11,9% em maio sobre o mesmo período do ano passado e avançaram 3,75% em relação a abril. Por volta das 10h26, os papéis perdiam, respectivamente, 0,61% a R$ 19,55 e 0,07% a R$ 70,27. O Ibovespa recuava 0,61% a 101.166 pontos. No acumulado de janeiro a maio, as vendas registram alta de 5,6% sobre o mesmo período de 2019. “Com a chegada da pandemia do coronavírus e o isolamento social, as pessoas intensificaram suas compras de abastecimento com o intuito de estocar produtos e sair menos de casa. Por isso, o aumento nas vendas nos últimos meses já era esperado pelos empresários do setor”, disse o presidente da Abras, João Sanzovo Neto, em comunicado à imprensa. Sanzovo acrescentou que as medidas do governo federal para amenizar os impactos da quarentena sobre a economia, principalmente o auxílio emergencial, também refletiram no crescimento das vendas dos supermercados. Porém, o aumento do desemprego gerado pelo impacto do isolamento social deve atingir o setor na forma da queda do poder de compra da população. A Mirae Asset destaca que o aumento em parte foi decorrente das ajudas emergenciais do governo para a população, decorrente da Covid-19, que ajudou a aumentar as vendas bem como a estocagem de alimentos por parte da população. A recomendação segue de compra para Pão de Açúcar e Carrefour.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content