Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
VALE

BTG: Mesmo após rali, Vale continua barata; recomendação de Compra e top-pick

15 julho 2020 - 16h10Por Investing.com

Por Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - O minério de ferro está em forte rali, acompanhado pela Vale (SA:VALE3), que entrou em leve correção na quarta-feira (15). Ainda assim, após sua ADR ter subido 11% em junho, o BTG continua considerando que as ações da empresa estão baratas sob qualquer métrica analisada e recomenda Compra, com preço-alvo de US$ 11,6 e classificação de top-pick do setor. As informações constam em relatório distribuído hoje.

Às 16h02, os papéis da Vale em Nova York (NYSE:VALE) eram negociados a US$ 11,48, baixa de 1,3%. As ações da companhia na B3 (SA:VALE3), por sua vez, caíam 0,29%, a R$ 61,52.

Leonardo Correa e Caio Greiner, analistas que assinam o relatório, veem uma série de catalisadores para a performance da companhia: o restabelecimento dos dividendos, que poderia acontecer em alguns meses e é crucial para o investimento estrangeiro; o crescimento no volume de extração de minério de ferro; redução no custo do minério de ferro no curto prazo; melhorias contínuas na receita causada pela alta do minério; recuperação da confiança dos investidores; e a correção de ativos deficitários.

Além disso, a produção, que foi fortemente impactada em diversos países no primeiro semestre pelas restrições impostas pelo combate à pandemia de Covid-19, está começando a se recuperar. No Brasil, as exportações de minério de ferro cresceram 18% em junho em relação a maio, e devem seguir crescendo, de acordo com o BTG (SA:BPAC11).

Com a demanda chinesa mais forte do que nunca, a correção do minério de ferro, atualmente negociado em torno de US$ 107, ainda é esperada pelos investidores. Sob seus cálculos, o BTG vê que as ações da Vale descontam um minério de ferro a US$ 62-63 por tonelada, o que significaria uma queda - improvável - de 44% dos níveis atuais. Considerando uma correção de 15% nos preços da commodity, a Vale seria negociada em 2021 a 3x EV/Ebitda - ou seja, uma das grandes empresas mais baratas das Américas.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: