quinta, 09 de dezembro de 2021
finançaspessoais

BTG: desemprego cai, mas mercado de trabalho ainda tem lacunas 

28 fevereiro 2020 - 18h17Por Redação SpaceMoney
A partir dos dados mais recentes da Pnad Contínua, divulgados nesta sexta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o banco BTG Pactual ainda identifica “grande lacuna no mercado de trabalho”, apesar da diminuição das taxas de desemprego e subutilização da força de trabalho. Segundo a pesquisa, a taxa de desemprego no Brasil caiu para 11,2% no trimestre que acabou em janeiro, apenas 0,01 ponto porcentual abaixo das projeções de analistas do BTG. Já o índice de subutilização diminuiu para 23,4% no período avaliado, mas o valor permanece próximo à máxima histórica de 24,6%. Segundo Lilian Ferro, autora do relatório do BTG publicado hoje (28), a melhora se deve principalmente à pequena alta no número de empregados, especialmente no setor formal. Mesmo assim, 11,9 milhões de brasileiros permanecem desempregados.  Empregos de carteira assinada representam 48,2% do total de empregos no trimestre encerrado em janeiro. A categoria vem crescendo levemente nos últimos meses, com aumento de 0,4% ao mês no último trimestre. Apesar do aumento do salário nominal, os ganhos salariais reais foram estáveis, “refletindo a recuperação da inflação atual”, interpreta o BTG. O pagamento real desacelerou de 2,5% a/a para 2,2% a/a no último trimestre. Mesmo assim, a analista considera que esse parâmetro “manteve um ritmo decente de crescimento, o que deve garantir uma expansão robusta do consumo em 2020.”
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content