segunda, 06 de dezembro de 2021
Relações internacionais

Brasil criará embaixada em Manama e missão promoverá cooperação econômico-comercial

Bolsonaro assinou decreto para a criação; pauta exportadora brasileira para a região é concentrada em minérios, produtos químicos, ferro, aço e combustíveis minerais

21 outubro 2021 - 10h59Por Redação Spacemoney

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou decreto que cria a Embaixada do Brasil no Reino do Bahrein. A abertura de Missão em Manama contribuirá para a promoção da cooperação econômico-comercial entre os dois países. A corrente de comércio bilateral é a sexta maior do Brasil com um país árabe do Oriente Médio e, segundo o governo, trata-se de relação bastante favorável ao Brasil.

A pauta exportadora brasileira para o Bahrein é concentrada em minérios, produtos químicos, ferro, aço e combustíveis minerais, que representam em torno de 90% do valor exportado. O agronegócio, que representa entre 8 e 9% do valor exportado, concentra suas exportações em carnes.

As demais exportações de itens da pauta agropecuária não chegam a 1% do total exportado. Esses números permitem vislumbrar potencial de ampliação da participação brasileira no mercado bahreinita e de diversificação da pauta exportadora, especialmente em produtos do agronegócio.

A presença de embaixada residente do Brasil na capital bahreinita facilitará a interlocução empresarial entre os dois países, contribuirá para a coordenação regional de atividades de promoção comercial e de atração de investimentos e pode favorecer a atuação local dos demais órgãos brasileiros envolvidos em atividades dessa natureza, como a Apex-Brasil. As tratativas em torno de protocolos e certificados também se beneficiariam da instalação da missão em Manama.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content