Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
BNDES

BNDES diz que empresas aéreas aceitaram acordo de socorro

15 maio 2020 - 15h59Por Investing.com
Por Gabriel Codas Investing.com - As ações das Gol (SA:GOLL4), Azul (SA:AZUL4) e Latam operam com rumos distintos nesta sexta-feira depois de que o presidente do BNDES, Gustavo Montezano afirmou que as três companhias aceitaram as condições financeiras da operação de socorro de bancos para o setor. Por volta das 15h16, os papéis da Gol tinham ganhos de 5,47% a R$ 11,00, enquanto que os da Azul perdem 4,14% a R$ 11,12 na bolsa de São Paulo. Em Santiago, a Latam cede 2,98% a 2.280,00 pesos chilenos. O Ibovespa tinha perdas de 0,73% a 78.442 pontos. Segundo Montezano, as condições financeiras para o socorro às aéreas foram apresentadas às três empresas e, na quinta-feira, todas aceitaram o modelo. “Ontem todas as três aceitaram a proposta do sindicato de bancos e agora é a fase de execução da operação”, disse Montezano durante entrevista online com jornalistas para falar do resultado do banco, que teve lucro de 5,5 bilhões de reais no primeiro trimestre. A Reuters apurou que o modelo de socorro prevê ajuda de até 6 bilhões de reais para as companhias aéreas, sendo 2 bilhões de reais para cada uma das empresas. O “cheque” do BNDES seria de até 2,4 bi de reais, enquanto bancos privados entrariam com 500 milhões de reais. O restante da operação seria com instrumentos híbridos como debêntures conversíveis em ações e emissão de bônus. As mesmas fontes disseram que a linha deve ficar pronta em junho, e a Latam, por ser uma empresa internacional e com ação negociada em Nova York, poderia ter mais dificuldades para acessar o crédito. *Com Reuters
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: