Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
BMG Acionistas

Banco BMG aprova aditamento de acordo de acionistas da família de fundadores

17 setembro 2020 - 11h20Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - No final da tarde de ontem, o Banco BMG (SA:BMGB4) informou, por meio de fato relevante, que foi celebrado o 4º aditamento ao Acordo de Acionistas entre Flávio Pentagna Guimarães, BMG Participações, Ângela Annes Guimarães, Antônio Mourão Guimarães Neto, Regina Annes Guimarães e Ricardo Annes Guimarães.

O aditamento tem o objetivo de formalizar a adesão ao acordo de acionistas da Água Boa Participações, sociedade integralmente detida por Ângela Annes Guimarães, em razão da conferência da totalidade das ações ordinárias e preferenciais de emissão do banco anteriormente detidas por Ângela Annes Guimarães ao capital social da Água Boa; da Noma Participações, sociedade integralmente detida por Antônio Mourão Guimarães Neto, em razão da conferência da totalidade das ações ordinárias e preferenciais anteriormente detidas por ele ao capital social da Noma Participações; da Rivage Participações sociedade integralmente detida por Regina Annes Guimarães, em razão da conferência da totalidade das ações ordinárias e preferenciais anteriormente detidas por ela ao capital social da Rivage Participações e da São Judas Tadeu Participações, sociedade integralmente detida por Ricardo Annes Guimarães em razão da conferência da totalidade das ações ordinárias e preferenciais anteriormente detidas por ele ao capital social da São Judas Tadeu.

Além disso, consignaram a renúncia, por Flávio Pentagna Guimarães, a 95%  dos direitos econômicos a ele conferidos pelo usufruto das 94.706.665  ações ordinárias e 45.000.000  ações preferenciais de emissão do banco, por ele doadas, com reserva de usufruto, como adiantamento de herança, para Antônio Mourão Guimarães Neto, Ângela Annes Guimarães, João Annes Guimarães, Regina Annes Guimarães e Ricardo Annes Guimarães, em igual proporção, nos termos do contrato  de Doação com Reserva de Usufruto celebrado em 19 de novembro de 2018.

A celebração do adiamento do BMG, com a consequente adesão da Água Boa, da Noma, da Rivage e da São Judas Tadeu ao acordo de acionistas, bem como a renúncia parcial, por Flavio Pentagna Guimarães, aos direitos econômicos conferidos pelo usufruto das Ações Doados não implicam qualquer mudança no controle do Banco BMG, tendo em vista que Flávio Pentagna Guimarães permanece como acionista controlador do Banco BMG, direta e indiretamente , em razão da manutenção do usufruto vitalício sobre os direitos políticos sobre as ações doadas, e foram realizadas em continuidade de organização e planejamento societário e sucessório da Família Guimarães.

Por volta das 11h20, os papéis do banco caíam 0,39% a R$ 5,11 na bolsa brasileira, queda um pouco menor em relação ao Ibovespa, que recuava 0,59% a 99.086 pontos.

No ano, as ações acumulam queda de 47,91%.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: