Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
biosev

Biosev mostra prejuízo de R$ 1,5 bilhões no ano safra; ações caem

28 julho 2020 - 15h36Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - No início da tarde desta terça-feira, as ações da Biosev (SA:BSEV3) operam com perdas de 1,6% a R$ 3,71. Ontem, a empresa mostrou que fechou a safra 2019/20 com prejuízo líquido de R$ 1,55 bilhão, versus perda de R$ 1,2 bilhão em 2018/19.

A desvalorização do real impactou fortemente a dívida em dólar da companhia. Além disso, ela informou também ter conseguido elevar a geração de caixa mesmo com uma moagem estável devido a investimentos nos últimos anos.

Apenas no quarto trimestre fiscal, encerrado em março, o prejuízo líquido foi de R$ 1,08 bilhão. Por sua vez, no mesmo período da safra anterior, o prejuízo foi de R$ 306,6 milhões.

A empresa — unidade de produção de açúcar e etanol da trading Louis Dreyfus — teve um resultado financeiro negativo de R$ 2,377 bilhões em 2019/20, versus R$ 1,37 bilhão negativos em 2018/19.

Ebtida ajustado

Apesar de o resultado líquido ter sido afetado pelo endividamento em moeda estrangeira, que supera 90% do total, o indicador de geração de caixa (Ebitda ajustado) avançou. Nesse sentido, o avanço foi de quase 13%, para 1,8 bilhão de reais em 2019/20. Isto é; excluindo-se os efeitos na receita líquida das operações de revenda e do impacto não-caixa de hedge accounting de dívida em moeda estrangeira e de IFRS16.

“Isso acaba derivando em um Ebitda unitário espetacular”, afirmou o presidente-executivo da companhia, Juan José Blanchard, citando o indicador ajustado unitário de 65,2 reais por tonelada, considerando as mesmas comparações.

“Tudo isso é consequência de trabalho que começamos há três anos de melhoria operacional, na parte agrícola e na indústria”, acrescentou ele, lembrando que a companhia conseguiu, mesmo com geadas atingindo as unidades de Mato Grosso do Sul, entregar uma produtividade média acima do mercado, de 82,9 toneladas por hectare, alta de 3,5% na comparação anual.

A Biosev, uma das maiores processadoras de cana do Brasil, elevou em 7,7% os investimentos na safra, para 1,2 bilhão de reais.

Na temporada, a atingiu moagem de cerca de 27 milhões de toneladas, praticamente estável ante 2018/19.

Para a nova temporada, a companhia está avançada, assim como o setor, na antecipação de vendas de açúcar.

Veja os fatores que influenciam os mercados nesta terça-feira (28)

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: