segunda, 06 de dezembro de 2021
finançaspessoais

Bancos lideraram distribuição de dividendos em 2019, com R$ 60 bi

22 abril 2020 - 13h36Por Redação SpaceMoney

Em 2019, antes de a pandemia do novo coronavírus impactar a economia brasileira, os bancos lideraram a distribuição de dividendos no país, com um total de R$ 60,4 bilhões destinados aos seus acionistas durante o ano passado, um aumento de 53,3% sem relação a 2018. O segmento de petróleo e gás, com R$ 15,1 bilhões, foi o segundo com maior volume distribuído. Os dados fazem parte de um relatório da plataforma de análises de dados Economatica divulgado nesta quarta-feira (22), que levou em conta dividendos e juros sobre capital próprio (JCPs) de 291 empresas de capital aberto. Em contrapartida, as empresas mineradoras, com apenas duas empresas no levantamento, apresentaram a maior redução, tendo distribuído R$ 695,0 milhões, em 2019, contra R$ 13,0 bilhões no ano anterior.

As empresas que mais distribuíram dividendos em 2019

A lista das 25 empresas com maior volume de recursos distribuídos aos seus acionistas no ano de 2019 é liderada pelo Itaú Unibanco, com R$ 26,1 bilhões, valor 29,1% superior ao ano de 2018. Entre essas 25 empresas, cinco são do mercado de energia elétrica, quatro são bancos, quatro do segmento de petróleo e gás, três de serviços financeiros e seguros, duas empresas de alimentos e bebidas e duas de telecomunicações, além de outras cinco terem atividades diversas. Leia mais: Em meio à crise, priorizar dividendos é estratégia para longo prazo  
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content