Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
Balanços XP

Balanços do 3T indicam que o pior ficou para trás, diz XP

18 novembro 2020 - 16h12Por Redação SpaceMoney

A temporada de balanços do terceiro trimestre deste ano, que começou em meados de outubro e terminou na última segunda-feira (16), superou as expectativas da XP investimentos, segundo relatório divulgado pela corretora na noite de ontem (17).

A pandemia do novo coronavírus fez as economias mundiais sofrerem grandes perdas, e o Brasil não ficou de fora: o PIB brasileiro sofreu uma queda de 9,7% no segundo trimestre de 2020 em comparação com o trimestre anterior. 

Esse impacto econômico também foi sentido por empresas locais, cujas perdas se refletiram nos resultados do segundo trimestre deste ano.

Nos balanços mais recentes, no entanto, XP enxergou uma evolução generalizada das companhias, espelhando a recuperação gradual da economia, causada pela progressiva abertura econômica e a melhora nos indicadores econômicos. “Os números reportados pelas empresas superaram nossas expectativas, fazendo-nos acreditar que o pior em relação aos impactos frente à pandemia ficou para trás”, disseram em nota.

Setores em destaque

A corretora elegeu como o grande destaque do trimestre o setor de mineração & siderurgia, em que todas as empresas cobertas reportaram resultados acima das expectativas. O setor se beneficiou principalmente da desvalorização do câmbio e também da retomada da atividade industrial, da construção civil e do setor automotivo.

O relatório também chama atenção para os bons resultados dos setores de frigoríficos, das incorporadoras, do varejo, das elétricas e das companhias financeiras e de saneamento. Além disso, a análise faz menção aos “resultados excelentes” da Petrobras e à recuperação dos resultados dos shoppings centers, que foram gradativamente autorizados a reabrir e aumentar sua capacidade operacional, após um período de grandes quedas nas receitas decorrentes da quarentena imposta pela pandemia.

Confira os destaques positivos, negativos e em linha de acordo com as expectativas da XP para o terceiro trimestre de 2020:

Positivos: Klabin, Santander, Petrobras, Vale, Ambev, Bradesco, Gerdau, EDP Energias do Brasil, Lojas Americanas, B2W, CTEEP, Copasa, Porto Seguro, Ultrapar, Tenda, Iguatemi, Magazine Luiza, BRF, Positivo, Marfrig, Via Varejo, Locaweb, MRV, Sabesp, Copel, EZTec, brMalls, SulAmérica e Cemig.

Negativos: CESP, Irani, Lojas Renner, Banrisul, TAESA, Vivara e C&A

Em linha: Raia Drogasil, Cielo, Grupo Pão de Açúcar, Multiplan, Itaú, BB Seg, d1000, Banco do Brasil, AES Tietê, Engie Brasil, Carrefour Brasil, B3, Equatorial Energia e Sanepar.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: