segunda, 06 de dezembro de 2021
Azul dados operacionais

Azul tem forte alta com dados operacionais de agosto e otimismo dos mercados

06 outubro 2020 - 10h37Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - Na parte da manhã desta terça-feira as ações da Azul (SA:AZUL4) operam com forte valorização na B3, ficando entre as maiores altas do Ibovespa. A companhia aérea informou que seu tráfego de passageiros consolidado em setembro subiu 23,5% ante agosto, estendendo a recuperação dos últimos meses.

Com isso, por volta das 10h26, os ativos tinham valorização de 3,50% a R$ 25,16, variando entre R$ 24,55 e R$ 25,19, com R$ 55,29 milhões de volume negociado. Os papéis da aérea era a quarta maior alta do Ibovespa, que subia 0,86% a 96.917 pontos.

No entanto, o número ainda foi 59,4% menor do que em setembro de 2019, refletindo os efeitos devastadores das medidas de isolamento social tomadas desde março para conter a pandemia da Covid-19.

A oferta de assentos pela companhia em setembro foi 16% maior na base sequencial, mas 57,9% mais baixa do que um ano antes. Com isso, a taxa de ocupação de 80,2%, alta de 4,8 pontos percentuais sobre agosto e queda de 3,1 pontos ano a ano.

Gol (SA:GOLL4)

Na véspera, a Gol informou que no terceiro trimestre de 2020, viu a demanda por seus voos (RPKs, na sigla em inglês) cair 71,5% na comparação com o mesmo período de 2019. A oferta de assentos (ASKs), por sua vez, teve recuo de 70,2% na mesma comparação. O número de passageiros transportados pela empresa no período foi 73,1% menor, chegando a 2,604 milhões, e a taxa de ocupação caiu 3,6 pontos porcentuais, para 79,3%. As informações estão na prévia operacional de setembro, divulgada nesta segunda-feira pela aérea.

No mês passado, a demanda pelos voos da companhia cresceu 36% na comparação com agosto, e a oferta se expandiu em 35%. No entanto, com o impacto da pandemia da covid-19, os números ainda apresentam forte queda na comparação anual.

A demanda em setembro foi 60,6% menor do que no mesmo mês do ano passado, e a oferta de assentos caiu 60%. Os números foram impactados pelas operações internacionais - a Gol não tem realizado voos para fora do Brasil. No mercado doméstico, demanda e oferta apresentaram baixas de 54,4% e 53,3%, respectivamente. A taxa de ocupação, de 80%, foi 2,1 ponto porcentual menor do que um ano antes no mercado interno, e 1,3 p.p. menor considerando-se toda a malha.

Os papéis da áerea também operam com forte avanço nesta terça-feira, sendo a terceira maior alta do dia. Eles subiam 4,19% a R$ 18,40, variando entre R$ 17,84 e R$ 18,41, com volume financeiro de R$ 35,54 milhões.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content