Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Azul

Azul negocia com Embraer adiar entregas de 59 aeronaves

14 maio 2020 - 09h05Por Investing.com
Investing.com - A Azul informou na última quarta-feira (13) que negocia com a Embraer o adiamento da entrega de aeronaves para preservar caixa e adequar a frota à queda da demanda provocada pela pandemia da Covid-19. A empresa quer adiar o recebimento de 59 unidades E2 da Embraer para após 2024. Originalmente, essas entregas ocorreriam entre 2020 e 2023. A malha aérea da Azul foi reduzida em 90% em abril na comparação anual e cortou em mais de 50% a folha de pagamento. " Esse acordo com a Embraer para adiar as próximas entregas de aeronaves começando em 2024 é um componente importante do nosso plano de recuperação, o que nos permite criar um caminho com liquidez para percorrer esta crise", disse John Rodgerson, CEO da Azul no fato relevante. A AZUL4 fechou em queda de 1,9% a R$ 12,29, enquanto a EMBR3 cedeu 8,7% para R$ 6,19. A Embraer enviou o seguinte posicionamento sobre o caso: “Como resultado da crise sem precedentes no transporte aéreo em virtude do surto de COVID-19, alguns clientes solicitaram à Embraer a revisão do fluxo de entregas de aeronaves para se adaptar à nova realidade. Embora as mudanças afetem as entregas projetadas em 2020, não houve nenhum cancelamento. A aviação regional tem sido um elemento-chave para manter os serviços essenciais e a malha aérea durante a crise e já é possível observar algumas companhias aéreas retomando gradualmente os voos comerciais usando E-Jets. A Embraer continua a apoiar totalmente seus clientes e está confiante de que o E-Jets terão um papel essencial na recuperação do setor aéreo.”
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: