quinta, 02 de dezembro de 2021
tecnologia

Análise Levante - no 2° tri, Metal Leve tem bom resultado em receita líquida e Ebitda, mas fica abaixo em lucro líquido

13 agosto 2019 - 11h32Por Redação SpaceMoney
Por Eduardo Guimarães* Nesta segunda-feira, após o fechamento dos mercados, a Metal Leve divulgou os números do segundo trimestre de 2019. O resultado veio acima do esperado em termos de receita líquida e Ebitda (métrica financeira para observar a geração de caixa da operação), mas um pouco abaixo em termos de lucro líquido. O resultado da companhia apresentou melhora em relação ao primeiro trimestre de 2019, puxado pelo bom desempenho das vendas no mercado doméstico, com crescimento de 3,1%. O destaque negativo ficou por conta do resultado financeiro, o que ocasionou o lucro líquido um pouco abaixo do esperado. Esperamos impacto positivo no preço das ações da Metal Leve (LEVE3) no curto prazo. Os bons números apresentados, em conjunto com a alta recente na cotação do dólar, são fatores que devem impulsionar as ações. Cerca de um terço da receita total da Metal Leve é voltada ao mercado externo. A receita líquida foi impulsionada pelo crescimento anual de 15,2% no volume de peças originais no mercado doméstico e aumento de 13,5% no volume de peças sobressalentes. Por outro lado, a receita de exportação apresentou queda de 7% no período. Com isso, a receita líquida totalizou 661,8 milhões de reais, com aumento de 5,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. No lado negativo, houve queda da margem bruta no trimestre que foi para 25%, em comparação com a margem bruta de 28,4% na margem bruta no mesmo período de 2018. A queda na margem bruta é explicada pelo aumento do custo salarial da folha de pagamentos. A empresa manteve o controle sobre as despesas operacionais e conseguiu reduzir o índice de despesas administrativas, gerais e vendas em relação a receita: 9,7% no trimestre (de 10,7 em 2018). O Ebitda somou 114,9 milhões de reais no segundo trimestre, um crescimento de 1,8%, com margem de 17,4% (18,0% no segundo trimestre de 2018). Na última linha, o lucro líquido totalizou 59,7 milhões de reais no trimestre, retração de 0,8% em relação ao segundo trimestre de 2018. O lucro líquido foi impactado despesas financeiras mais altas de 9,5 milhões de reais no trimestre. A Metal Leve continua com baixo nível de endividamento, com relação dívida líquida/Ebitda de 0,58 vezes em junho de 2019. A Argentina representa cerca de 10% do total das exportações da Metal Leve.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content