segunda, 06 de dezembro de 2021
Lucro

Análise Levante - JHSF (JHSF3) divulga resultado acima do esperado

08 agosto 2019 - 10h56Por Redação SpaceMoney

Por Eduardo Guimarães* A JHSF divulgou os números do segundo trimestre deste 2019. O resultado foi bom e veio acima do esperado em termos de receitalucro líquido. O principal destaque positivo ficou por conta do crescimento considerável da receita líquida e do resultado operacional. Do lado negativo, o destaque fica por conta do forte crescimento das despesas operacionais. Esperamos um impacto positivo no preço das ações da JHSF (JHSF3), pois o resultado deve ser visto com bons olhos pelo mercado. A receita líquida totalizou 140 milhões de reais no segundo trimestre de 2019, um crescimento de +21,8 por cento em relação ao mesmo período de 2019. Os shopping centers da JHSF (4 shoppings e um outlet) mostraram recuperação, com bom desempenho das vendas totais dos lojistas de R$ 662 milhões no segundo trimestre. Um crescimento de 20,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Ainda olhando para o varejo, tivemos uma melhora na taxa de ocupação, subindo 2,3 pontos percentuais e alcançando 97,3% e uma diminuição do custo de ocupação em consequência disso. Os indicadores operacionais de venda e aluguel das lojas, apresentarem resultados expressivos. Vendas nas mesmas lojas aumentaram +11,8% e o aluguel com aumento de 8,8%. No setor de Hotéis e Restaurantes tivemos aumento de 4,4% nas diárias e a RevPar com aumento de 26,5%. Um aumento na taxa de ocupação de 12 pontos percentuais. Na incorporação, a receita aumentou 50,9% e somou R$ 47,8 milhões no trimestre. Os custos operacionais somaram R$ 36,7 milhões, um crescimento forte de 52,6%, com destaque para as despesas administrativas. Com isso, o Ebitda Ajustado (medida para verificar a geração bruta de caixa operacional) totalizou R$ 51 milhões no trimestre, crescimento de 39,9% em relação ao segundo trimestre de 2018, com isso a margem Ebitda foi de 36,4%, valor 4,6 pontos maior que o obtido anteriormente. Na última linha, a companhia reverteu o prejuízo e apresentou lucro operacional de R$ 5 milhões em relação ao mesmo trimestre do ano passado. *Eduardo Guimarães é especialista em ações na Levante, empresa de recomendações, análises e carteiras de investimentos. Esta coluna é de inteira responsabilidade da Levante e não reflete, necessariamente, a opinião da SpaceMoney.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content