domingo, 07 de agosto de 2022
[OGF - VIP - SPACENOW DESKTOP - TESTE A/B - 22-6-2-22]
Balanços 4T21

Americanas (AMER3), CCR (CCRO3), IRB (IRBR3) e Vale (VALE3) divulgam balanços do 4º tri; veja

Alupar (ALUP11), Burger King (BKBR3), Hypera (HYPE3), Intelbras (INTB3), JHSF (JHSF3), Marcopolo (POMO4), Randon (RAPT4), Sanepar (SAPR4) e Syn (SYNE3) (ex-Cyrela) também publicaram seus resultados

25 fevereiro 2022 - 08h25Por Redação SpaceMoney

Entre a noite de quinta-feira (24) e a manhã desta sexta-feira (25), mais empresas divulgaram seus números referentes ao quarto trimestre e deram continuidade a temporada de balanços no Brasil.

Desta vez, Americanas (AMER3), CCR (CCRO3), IRB (IRBR3) e Vale (VALE3) informaram balanços do 4º tri.

Buscando rentabilidade na Bolsa de valores? Saiba como aumentar seus retornos com um assessor da Ipê Investimentos via WhatsApp.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

Alupar (ALUP11), Burger King (BKBR3), Hypera (HYPE3) Intelbras (INTB3), JHSF (JHSF3), Randon (RAPT4), Sanepar (SAPR4) e Syn (SYNE3) também publicaram seus resultados.

Vamos aos números:

Alupar

A Alupar registrou lucro líquido de R$ 219,3 milhões no quarto trimestre de 2021, montante 52,4% abaixo do reportado em igual período de 2020.

O EBITDA foi de R$ 778,7 milhões entre outubro e dezembro, o que representa queda de 50,1% em relação a um ano antes. 

Americanas

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

A Americanas divulgou, nesta quinta-feira (24), um lucro de R$ 490 milhões no quarto trimestre de 2021, uma alta de 20,5% em relação ao mesmo período de 2020. 

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) ajustado da Americanas no quarto trimestre recuou 10,8%, para R$ 1,07 bilhão. Analistas, em média, esperavam Ebitda de R$ 1 bilhão para o período.

Burger King

O Burger King registrou um lucro líquido de R$ 23,6 milhões do quarto trimestre de 2021, número que reverteu o prejuízo de R$ 97,3 milhões do mesmo período de 2020.

O EBITDA ajustado cresceu 145,9%, para R$ 177,3 milhões, contra R$ 72,1 milhões do quarto trimestre de 2020.

CCR

Impactada pelos efeitos da renovação de seu portfólio, a CCR apresentou prejuízo de R$ 133,2 milhões no quarto trimestre de 2021, uma piora em relação ao resultado negativo de R$ 74,8 milhões registrado no mesmo período do ano anterior.

O EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado cresceu 37,9%, para R$ 1,467 bilhão.

Hypera

A Hypera Pharma lucrou de forma líquida R$ 366 milhões no quarto trimestre de 2021, número 12,6% maior do que os R$ 324,9 milhões do mesmo período de 2020.

Intelbras

A Intelbras registrou lucro líquido consolidado de R$ 100,166 milhões no quatro trimestre de 2021, uma queda de 51,6% em comparação com o mesmo período de 2020. 

O EBITDA totalizou R$ 115,951 milhões, um recuo de 27,1% em relação a um ano antes.

IRB

O IRB Brasil Re registrou prejuízo líquido de R$ 371 milhões, 42,4% menor do que no mesmo trimestre de 2020.

JHSF

A JHSF registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 266,9 milhões no quarto trimestre, alta de 45,9% na comparação anual. 

O EBITDA cresceu 24%, para 258,2 milhões.

Marcopolo

A Marcopolo reportou uma queda de 52,1% em seu lucro líquido no quarto trimestre de 2021, que somou R$ 65,2 milhões.

Randon

A Randon encerrou o quarto trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ 153,1 milhões, queda de 69% em relação a igual período de 2020. 

Já o Ebitda consolidado foi de R$ 258,8 milhões nos últimos três meses do ano passado. O valor representa um recuo de 61,3% quando comparado ao quarto trimestre de 2020. 

Sanepar

A Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) registrou lucro líquido de R$ 322 milhões, uma alta de 14% em relação ao mesmo período de 2020.

O EBITDA se expandiu em 5,4%, e chegou a R$ 576,5 milhões.

Syn

A Syn registrou lucro líquido proforma de R$ 1,263 bilhão no quarto trimestre de 2021, crescimento de 18.882% em relação ao mesmo período de 2020.

O EBITDA proforma ajustado cresceu 4,1% na comparação com igual etapa de 2020, e chegou ao total de R$ 48,9 milhões.

Vale

A mineradora Vale informou nesta quinta-feira (24) que registrou lucro líquido recorde de R$ 121,2 bilhões no ano passado, o que representa uma alta de 354% na comparação com o resultado de 2020 (R$ 26,7 bilhões).

No quarto trimestre, o lucro foi de R$ 30,3 bilhões, acima do apurado no mesmo período do ano passado (R$ 4,825 bilhões).

O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado totalizou R$ 168,1 bilhões em 2021 - aumento de 82,2% na comparação com 2020.

No quarto trimestre, o EBITDA ajustado, foi, por sua vez, de US$ 4,828 bilhões - aproximadamente R$ 20 bilhões -, crescimento de 13,8% em relação ao mesmo período de 2020, mas queda de 30,4% frente ao 3T21.

Com informações de InfoMoney, IstoÉ, O Estado de S.Paulo, Reuters e Valor.

*Matéria atualizada às 8:54 para a inclusão dos resultados de Alupar.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: