domingo, 05 de dezembro de 2021
China

Ações - Futuros dos EUA perto de novas máximas com avanço de acordos comerciais

28 outubro 2019 - 10h53Por Investing.com
Investing.com - O Futuros dos EUA chegaram a uma distância palpável de novos recordes de todos os tempos nesta segunda-feira, com notícias de que EUA e China estão progredindo em seu acordo, com pelo menos uma trégua temporária em sua guerra comercial, enquanto a UE afastou definitivamente o risco de um Brexit sem acordo ainda esta semana. O Escritório do Representante Comercial dos EUA revelou na sexta-feira que as autoridades estavam "perto de finalizar algumas seções do acordo", enquanto os detalhes técnicos para o Ministério do Comércio da China estavam "basicamente concluídos". Os dois lados estão tentando chegar a um acordo antes de meados de novembro, quando o presidente chinês, Xi Jinping, e o presidente dos EUA, Donald Trump, se reúnem paralelamente à cúpula de cooperação econômica da Ásia-Pacífico no Chile. O acordo da "fase 1" não tenta resolver algumas das questões mais profundas implícitas à deterioração das relações dos dois países, mas reduz pelo menos o risco de uma nova escalada no curto prazo de um conflito que atrapalhou a economia do mundo este ano. Os futuros do Nasdaq 100 subiam 20 pontos ou 0,2% às 7h56, enquanto os futuros do Dow subiam 73 pontos ou 0,3% e os futuros do S&P 500 subiam 6 pontos ou 0,2%. Na frente de ganhos, espera-se que a empresa-mãe do Google, a Alphabet (NASDAQ:GOOGL) relate os resultados após o fechamento, juntamente com a Beyond Meat (NASDAQ:BYND) , a T-Mobile e a Nickel Creek Platinum Corp. A AT&T subia 2,3% depois que seus ganhos ficaram um pouco acima e, enquanto a receita ficou abaixo do esperado. A dívida líquida permaneceu acima da faixa alvo da empresa. A Tiffany&Co subia 28,9% depois que a LVMH fez uma oferta não solicitada relatada na faixa de US$ 120 por ação para o varejista de jóias de luxo. O Spotify (NYSE:SPOT) ganhava 6,5% depois que os ganhos da empresa de streaming de música ficaeam um pouco melhor do que o esperado. A Pacific Gas&Electric Co caía 17,6% ao estender as interrupções de energia no norte da Califórnia, na tentativa de impedir o início de mais incêndios. O governador da Califórnia, Gavin Newsom, sugeriu no domingo que a empresa Berkshire Hathaway de Warren Buffett poderia ser uma boa dona para a problemática companhia de gás e eletricidade. Na frente de dados, os números da balança comercial e os estoques de varejo serão divulgados às 9h30. Em commodities, os contratos futuros de ouro subiam 0,1%, para US$ 1.507,25 por onça troy, enquanto o índice dólar, que mede a força da moeda norte-americana em comparação com uma cesta das seis principais divisas, caía 0,1%, para 97,532. Os contratos futuros de petróleo caíam 0,4%, para US$ 56,41 por barril.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content