Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Mercado

Futuro dos EUA estável, apesar de ganhos expressivos de JPMorgan e J&J

16 julho 2019 - 10h08Por Investing.com
O mercado de futuros dos EUA permaneciam estáveis nesta terça-feira, sem inspiração pelos ganhos do JPMorgan e Johnson & Johnson que superaram as expectativas. O JPMorgan (NYSE:JPM) inverteu os ganhos iniciais para cair 1,6% nas negociações antes do pregão, apesar de seus ganhos terem sido melhores do que o esperado. Assim como ocorreu com o Citigroup na segunda-feira, as quedas nas receitas baseadas nos mercados foram compensadas por um negócio de crédito ao consumidor ainda forte nos EUA, e as provisões para perdas de crédito também caíram. O banco também aumentou seu dividendo trimestral e aumentou seu programa de recompra de ações. A Wells Fargo (NYSE:WFC) e a Goldman Sachs (NYSE:GS) também devem divulgar seus ganhos antes do início do pregão. United Continental Airlines e CSX (NASDAQ:CSX) reportarão após a campainha. As perspectivas para o segundo trimestre são fracas, com o consenso do mercado de um declínio de 3% nos lucros das empresas, de acordo com a Factset. O Citigroup (NYSE:C) reportou lucros fortes antes do fechamento na segunda-feira, mas os ganhos foram compensados por um declínio em sua margem de juros líquida e divisões de investimentos. O índice de tecnologia de futuros do Nasdaq 100 caía 1 ponto para 7.985,75 às 7h50 (horário de Brasília), enquanto os futuros do Dow caíam 11 pontos para 27.330,5 e futuros do S&P 500 se mantinham estáveis em 3.017,12. O Facebook (NASDAQ:FB) se mantinha estável nas negociações antes do pregão, já que a empresa se apresentará diante do Congresso para testemunhar sobre sua criptomoeda, Libra. A Johnson & Johnson (NYSE:JNJ) subia 0,9% após suas estimativas de ganhos e receita. A Microsoft (NASDAQ:MSFT) subia 0,2%, enquanto a Micron (NASDAQ:MU) crescia 0,1%. Na terça-feira, o relatório de vendas no varejo saem às 9h30, enquanto a produção industrial será lançada às 10h15. Vários membros do Federal Reserve palestrarão e serão avaliados para se ter uma visão das perspectivas para a política monetária para o resto do ano. Um corte de taxa no final de julho já está totalmente precificado. O presidente do Fed, Jerome Powell, se pronunciará às 14h00 (horário de Brasília). Em commodities, o petróleo bruto subia 0,3%, para US$ 59,77 por barril, enquanto contratos futuros de ouro avançava 0,2%, para US$ 1.416,45 por onça-troy. índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, subia 0,3%, para 96,812.  
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: