Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Localiza

Ações da Localiza caem; empresa tem alta de quase 60% no lucro do 3º trimestre

28 outubro 2020 - 12h02Por Investing.com

Investing.com - Depois de reportar lucro líquido de R$ 325,5 milhões, alta de quase 60% em relação ao trimestre/">terceiro trimestre de 2019 e muito acima da expectativa média de R$ 130,5 milhões dos analistas, as ações da Localiza (SA:RENT3) operavam em queda no início da tarde desta quarta-feira (28), seguindo o pessimismo do mercado, mas acima da queda do Ibovespa.

Às 12h00, as ações tinham queda de 1,86%, a R$ 63,37, enquanto o Ibovespa caía 3,07%.

Os resultados da companhia foram impulsionados pela retomada dos negócios nas divisões de aluguel de veículos e venda de seminovos.

Na análise da Mirae Asset, os resultados criam expectativa de números ainda mais fortes para o quarto trimestre e o primeiro trimestre de 2021, pois a demanda interna deve continuar aumentando, seguindo a alta no turismo interno causada pelos bloqueios no exterior e a recuperação econômica. A corretora recomenda Compra para as ações, com preço-alvo de R$ 76.

Para o BTG Pactual, por sua vez, os resultados fortes mostram que a demanda de aluguel de carros está se recuperando mais rapidamente do que o esperado e que a venda de seminovos está se beneficiando de um ambiente de demanda e preços favoráveis. Apesar de não considerar as ações baratas, o banco recomenda Compra, com preço-alvo de R$ 70.

Balanço

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) subiu 18,9%, a 648 milhões de reais. A previsão média de analistas era de 472,7 milhões. Não ficou claro de imediato se os dados são comparáveis.

"A diária média (de aluguel de carros), que havia sido bastante impactada no segundo trimestre, se recuperou gradualmente ao longo do terceiro trimestre, atingindo uma média de 66,8 reais, resultando em receita líquida praticamente estável em comparação ao terceiro trimestre do ano passado", afirmou a Localiza no relatório.

Segundo a empresa, em setembro o volume de carros alugados foi de 152 mil, próximo do nível do primeiro trimestre de 2020.

Em seminovos, a Localiza registrou retomada de volumes pré-pandemia, com 45,5 mil carros vendidos e "gradual aumento de preço ao longo do trimestre". O volume vendido foi 23,7% maior do que no terceiro trimestre de 2019, segundo o balanço.

A depreciação por carro da Localiza na divisão de aluguel de carros fechou o trimestre em 1.271 reais, queda de 51,8% na comparação com o segundo trimestre, apoiada no aumento do preço médio de venda e maior volume vendido. Já na área de gestão de frotas, a depreciação subiu de 2.092 para 2.312 reais.

A Localiza, que em setembro anunciou acordo para comprar a rival Unidas, terminou setembro com relação dívida líquida sobre Ebitda de 2,7 vezes. A dívida líquida era de 6,16 bilhões de reais e o caixa estava em 4,4 bilhões.

A companhia também anunciou ampliação de programa de recompra de debêntures, de 500 milhões para 1,3 bilhão de reais.

Com colaboração da Reuters

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: