domingo, 16 de janeiro de 2022
[Square Banner - Mobile Topo 2] [300x250] [mobile] - Assessoria Ipê Investimentos 2022
[SpaceNow Desktop] [200x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
[SpaceNow Mobile] [150x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
Vacina

Ações da Arbutus sobem, enquanto Moderna (M1RN34) cai com recurso de patente negado

A decisão, que mantém o posicionamento do ano passado, significa que a Moderna pode agora enfrentar um processo de violação de patente

01 dezembro 2021 - 17h14Por Investing.com
[Billboard Topo 2] [970x250] [pagina-inicial] - Assessoria Ipê Investimentos 2022

Por Sam Boughedda, da Investing.com - As ações da Moderna Inc (NASDAQ:MRNA) (SA:M1RN34) caíram nesta quarta-feira depois da empresa perder um recurso em uma decisão de patente envolvendo a Arbutus Biopharma Corp (NASDAQ:ABUS).

Às 16h52, as ações da Moderna caíam 8,53%, cotadas a U$322,38, enquanto o BDR apresentava retração de 6,35%, cotado a R$182,5. Enquanto isso, os papéis da Biopharma subiam 53,75%, cotados a U$4,92.

O Tribunal de Recursos da Circunscrição Federal dos EUA confirmou as decisões do Appeals Board and Patent Trial com relação a duas patentes de Arbutus relativas à tecnologia de medicamentos. Consequentemente, o tribunal rejeitou o recurso da Moderna por "falta de legitimidade".

[04] [Square Detalhe Notícia] [300x250] [geral] Melhores investimentos 2022

A decisão, que mantém o posicionamento do ano passado, significa que a Moderna pode agora enfrentar um processo de violação de patente.

Uma das duas patentes envolvidas é a patente 435, que referencia "partículas lipídicas de ácido nucleico estáveis compreendendo um ácido nucleico, métodos de produção de SNALP e métodos de entrega e/ou administração de SNALP."

A Moderna afirmou anteriormente que, se as reivindicações fossem confirmadas, a Arbutus poderia exigir por meio de ação judicial o pagamento de royalties pela vacina da Moderna Covid-19.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content