Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
ações

Ações - Alphabet afunda no pré-mercado, GE em alta, McDonald’s sobe

30 abril 2019 - 13h03Por Investing.com

Investing.com - Ações em foco antes do pregão desta terça-feira:

 

• As ações do Alphabet (NASDAQ:GOOGL) despencavam 7,9% às 9h05 depois que a empresa-mãe do Google registrou o seu crescimento de receita mais lento em três anos devido ao aumento da concorrência na publicidade, que representa mais de 85% de sua receita. O lucro também foi atingido por uma grande multa antitruste da União Europeia.

 

• As ações da General Electric (NYSE:GE) subiam 8,2% após os problemas de fluxo de caixa da empresa terem diminuído no primeiro trimestre, embora tenha alertado que problemas com os aviões 737 MAX da Boeing representaram um “novo risco”. A GE fabrica motores para o avião.

 

• As ações do McDonald's (NYSE:MCD) subiam 3,2% depois que a receita, o lucro e as vendas nas mesmas lojas da empresa superaram as estimativas dos analistas.

Quer investir mas não sabe como começar? Abra uma conta na Órama e faça o seu dinheiro render!

• As ações da Pfizer (NYSE:PFE) ganhavam 1,0% depois que apresentou resultados trimestrais melhores que o esperado e aumentou sua previsão de lucro para o ano todo sobre o aumento das vendas de alguns dos seus produtos farmacêuticos.

 

• As ações da Merck & Co (NYSE:MRK) subiam 0,9% após os ganhos do primeiro trimestre superarem o consenso. A empresa também aumentou sua previsão para ano inteiro graças a vendas crescentes de seu produto para imunoterapia de câncer Keytruda.

 

• As ações da Eli Lilly (NYSE:LLY) caíam 3,8% quando a empresa divulgou resultados trimestrais e reduziu suas previsões de receita e lucro em 2019 sobre o declínio esperado dos preços nos EUA e aumento da concorrência de medicamentos genéricos.

 

• As ações da Western Digital (NASDAQ:WDC) caíam 5,5%, enquanto as vendas e lucros do terceiro trimestre fiscal não atingiram as expectativas.

 

• As ações da Boeing (NYSE:BA) ficaram pouco alteradas, já que a Virgin Australia anunciou que adiaria o recebimento dos 737 jatos MAX da empresa por quase dois anos. A empresa também divulgou outra falha com os alertas de segurança do avião.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: