quarta, 29 de maio de 2024
Análises

Copel (CPLE6): EBITDA de 2023 abaixo da estimativa não preocupa Suno

O indicador ficou em R$ 5,1 bilhões no período, 4,7% abaixo das expectativas da instituição

01 março 2024 - 14h46Por Redação SpaceMoney
Sede da Copel, em Curitiba. Sede da Copel, em Curitiba. - Crédito: Aniele Nascimento -Arquivo, Tribuna do Paraná

A Copel (CPLE6) registrou lucro líquido de R$ 942,8 milhões no quarto trimestre de 2023, um crescimento de 51,2% na comparação com o mesmo período de 2022.

A receita líquida saltou 5,8% em um ano, a R$ 5,5 bilhões. O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) se expandiu em 10,10% em doze meses, a R$ 1,48 bilhão.

 

Qual a avaliação sobre os resultados do ano?

Em 2023, o EBITDA da companhia atingiu R$ 5,1 bilhões (+21,7% na base de comparação anual), 4,7% abaixo das estimativas da Suno Research, de R$ 5,3 bilhões.

No entanto, Bernardo Viero, analista CNPI da instituição, afirmou que o dado não preocupa, pois observando o que é de fato recorrente (limpando a provisão de R$ 610,1 milhões para o PDV e outros custos e despesas conjunturais na ordem de R$ 109,9 milhões), o valor seria de R$ 5,8 bilhões.

"Hoje entendemos que muito desse potencial de geração de caixa da Copel ficou 'disfarçado' pela despesa pontual com o PDV, bem como pelos elevados investimentos em crescimento que a empresa vem executando (cerca de R$ 1,4 bilhão em 2023), o que impediu uma distribuição mais agressiva de dividendos no ano", ressaltou o analista.

Tags: Copel, cple6