segunda, 27 de maio de 2024
Ações

Viver (VIVR3) emite 5,2 milhões de bônus de subscrição, pelo valor de R$ 19,60 cada

Emissões totalizaram R$ 101.911.611,20

08 abril 2024 - 20h26Por Lucas de Andrade
Business Center em São Paulo, construído pela ViverBusiness Center em São Paulo, construído pela Viver - Crédito: Viver

Em 8 de março, encerrou-se o prazo para o exercício do direito de preferência para subscrição do bônus de subscrição da Viver (VIVR3). Em continuidade, a companhia informa que foram emitidos 5.199.572 bônus de subscrição, cada um pelo valor de R$ 19,60, que totalizaram R$ 101.911.611,20. Destes:

  • - i. 580 bônus de subscrição pelos acionistas da companhia que exerceram o direito de preferência; e
  • - ii. 5.198.992 bônus de subscrição em favor da SCA Empreendimentos e Negócios Ltda.. 

 

A Viver informa ainda que os bônus de subscrição emitidos passarão a ser admitidos à negociação no pregão da B3 S.A., Brasil, Bolsa e Balcão a partir da próxima quarta-feira, 10 de abril, pelo código “VIVR11”.

Os bônus de subscrição foram emitidos em série única.

Cada bônus vai conferir ao titular o direito de subscrever quatro novas ações ordinárias, escriturais e sem valor nominal de emissão da companhia, todas livres e desembaraçadas de quaisquer ônus, encargos, gravames, direitos de preferência e/ou direitos reais, de qualquer natureza e terão os mesmos direitos e farão jus ao recebimento de dividendos, participações nos resultados, ações bonificadas sempre pari passu com as demais ações de emissão da companhia.

Cada bônus emitido vai permanecer vigente até o dia 1º de dezembro de 2027, observadas as janelas de exercício:

  • - i) no período entre 1º de novembro de 2024 (inclusive) e 1º de dezembro de 2024 (inclusive), o titular pode exercer seu direito de subscrever até 25% (vinte e cinco por cento) da quantidade dos bônus que possui;
  • - ii) no período entre 1º de novembro de 2025 (inclusive) e 1º de dezembro de 2025 (inclusive), o titular pode exercer seu direito de subscrever até 25% (vinte e cinco por cento) da quantidade de bônus que possui, além de eventual bônus não exercido na primeira janela, ou seja, até 50% dos bônus que possui;
  • - iii) no período entre 1º de novembro de 2026 (inclusive) e 1º de dezembro de 2026 (inclusive), o titular pode exercer seu direito de subscrever 25% (vinte e cinco por cento) da quantidade dos bônus que possui, além de eventual bônus não exercido na primeira e segunda janela, ou seja, até 75% dos bônus que possui; e
  • - iv) no período entre 1º de novembro de 2027 (inclusive) e 1º de dezembro de 2027 (inclusive), o titular pode exercer seu direito de subscrever até 100% (cem por cento) da quantidade dos bônus que possui.  

 

O exercício em cada janela vai ser realizado diretamente com a companhia, e os procedimentos serão oportunamente divulgados.

O preço de exercício de cada bônus de subscrição vai ser, no total, de R$ 0,04 (quatro centavos de Real): R$ 0,01 (um centavo) para cada 1 (uma) ação de emissão da companhia em cada 1 (um) dos 4 (quatro) exercícios.

Leia mais informações aqui.

 

Tags: viver, vivr3