segunda, 27 de maio de 2024
Ações

Totvs (TOTS3) investe R$ 17 milhões na Cromai, que usa IA para identificar ervas daninhas

Segundo a companhia, a startup tem uma proposta de valor que interessa aos seus clientes do agro

27 fevereiro 2024 - 11h05Por Redação SpaceMoney
Totvs, controladora da DimensaTotvs, controladora da Dimensa - Crédito: Divulgação

A Cromai, uma startup de inteligência artificial para o agronegócio, acaba de fechar uma rodada de R$ 17 milhões. O investimento — uma extensão da Série A de dezembro de 2022 — foi liderado pelo iDEXO, o fundo de corporate venture capital da Totvs (TOTS3), e acompanhado pela Baraúna VC e pelo family office Citrino, de José Ermírio de Moraes Neto e sua irmã Neide, que já eram investidores da startup.

Marcelo Cosentino, o vice-presidente da Totvs, disse ao Brazil Journal que os produtos da Cromai têm uma proposta de valor que interessa aos clientes de agro da companhia. “E investir na startup é uma forma de dar aval à tecnologia desenvolvida.”

Fundada em 2017 em Piracicaba, a Cromai foi criada pelo engenheiro mecatrônico Guilherme Castro, que é filho e neto de engenheiros agrônomos.

Com a capitalização de hoje a Cromai quer avançar sua tecnologia nas culturas de grãos. A estreia na soja ocorreu há pouco, com a safra 2023/2024. A startup já assinou contratos com dois dos cinco maiores produtores de soja do País, a Amaggi e a Bom Futuro.

O próximo passo será entrar nas culturas de milho e algodão.

As informações são do Brazil Journal.