sábado, 25 de maio de 2024
Ações

Prio (PRIO3): Fitch atribui rating AA+(bra) à proposta de 3ª emissão de debêntures de subsidiária

O perfil de crédito da Petro Rio Jaguar reflete os elevados incentivos legais, estratégicos e operacionais que a Prio tem para suportá-la

28 março 2024 - 20h08Por Lucas de Andrade
PrioPrio - Crédito: Divulgação: Prio

A agência de classificação de risco Fitch Ratings atribuiu o rating nacional de longo prazo AA+(bra) à proposta de terceira emissão de debêntures da Petro Rio Jaguar, subsidiária de Prio (PRIO3).

A emissão, no montante de R$ 1,30 bilhão, possui duas séries, uma com vencimento em 2029, e outra, em 2034.

As debêntures serão da espécie quirografária e terão garantia fidejussória, com fiadores na pessoa jurídica de Prio (PRIO3), controladora da Petro Rio Jaguar, e outras subsidiárias da holding.

Os recursos serão destinados ao desenvolvimento do campo de Wahoo.

A Fitch classifica a Prio com IDRs (Issuer Default Ratings- Ratings de Inadimplência do Emissor) de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e Local BB e a Prio e a Petro Rio Jaguar com rating nacional de longo prazo AA+(bra), todos com perspectiva estável.

O perfil de crédito da Petro Rio Jaguar reflete os elevados incentivos legais, estratégicos e operacionais que a Prio tem para suportá-la, se necessário, o que justifica a equalização dos ratings das duas empresas.

Por sua vez, o rating da Prio se baseia em uma produção acima de 100 mil barris de óleo equivalente por dia (KBOE/D), reservas comprovadas (1P) acima de 570 milhões de BOE e baixo custo de produção, que garante uma robusta geração de caixa mesmo em cenários de menores preços do petróleo. O

grupo apresenta, ainda, forte perfil financeiro, com projeções de alavancagem bruta inferior a 1,0 vez.