terça, 28 de maio de 2024
Ações

Iguatemi (IGTI11) anuncia projeto de expansão para shopping em Brasília

A obra está prevista para iniciar no 1º trimestre de 2025, com duração estimada de 18 meses e o investimento total chega a R$ 236 milhões

13 março 2024 - 20h40Por Lucas de Andrade
Fachada IguatemiFachada Iguatemi - Crédito: Reprodução

Nesta quarta-feira (13), a Iguatemi (IGTI11) anunciou o projeto de expansão para o Iguatemi Brasília que vai adicionar ao shopping 15,5 mil m² à sua área atual, a alcançar um total de 50,1 mil m² de ABL.

De acordo com a companhia, a expansão de 15,5 mil m² de ABL vai trazer os elementos mais recentes de design, arquitetura e sustentabilidade como: eficiência energética, materiais reciclados, energia renovável e design biofílico, que associa elementos naturais como plantas, água e aproveitamento da luz natural.

Todos esses elementos estão alinhados à estratégia ESG, declarou a empresa.

O novo espaço vai ser dividido em dois pavimentos que se conectam integralmente com o shopping existente, e cria uma área de Open Mall no empreendimento. 

Para a operadora, o ambiente favorece a circulação de ar e luz natural e permite aos visitantes novas experiências de consumo e lazer ao ar livre, integrados a espaços reservados para restaurantes, lojas, serviços e playground, que proporciona um ambiente diversificado e convidativo.

A expansão complementa ainda o mix do shopping, e adiciona mais de 90 novas lojas.

Cerca de metade da ABL vai ser destinada para lojas satélites, enquanto a área remanescente vai ser reservada para restaurantes, outras operações de entretenimento e lazer e um espaço dedicado a eventos.

O Iguatemi afirma que o mix contribui ainda mais com a curadoria diferenciada do empreendimento, que levou marcas de luxo inéditas para a região Centro-Oeste.

A expansão foi planejada para receber novas lojas internacionais e vai criar criar uma nova ala, com um novo acesso e drop-off exclusivo. 

A obra está prevista para iniciar no 1º trimestre de 2025, com duração estimada de 18 meses.

O investimento total estimado para a expansão chega a R$ 236 milhões, e o Iguatemi se responsabiliza apenas pelo investimento na sua participação no empreendimento (64%).

Para o 3º ano de operação, espera-se que essa expansão alcance o patamar de R$ 36,5 milhões de NOI (resultado operacional).